Joãozinho ataca de novo

escola
joãozinho
professora

Na escola a professora :

– Crianças, amanhã quero que me tragam exemplos de construções que
estão a ser feitas próximo das vossas casas e quais as vantagens
destas novas construções para nós.

– Sim professora.

No final da aula, a professora pede a todas as meninas que fiquem na
sala porque quer dizer algo:

– Olhem, meninas, como o Joãozinho é muito malcriado é provável que
amanhã ele diga alguma das suas asneiras. Por isso, vou pedir que,
para evitarmos problemas, quando ele disser algo que nos pareça
grosseiro, todas vocês se levantem imediatamente e saiam da aula.

Todas concordaram com o plano.

No dia seguinte, pergunta a professora:

– Fizeram a redação que eu pedi? Primeiro você, Anita …

– Perto da minha casa estão a construir um supermercado. Assim, a
minha mãe não precisa de andar tanto para ir às compras.

– Muito bem Anita !!! Sim, Raulzito, fala você.

– Perto da minha casa estão a construir uma fábrica de móveis. Assim,
como o meu pai é marceneiro ele vai poder trabalhar mais perto de
casa.

– Excelente, obrigado Raulzito.

Nisto o Joãozinho levanta a mão. Diz a professora:

– Ai meu Deus!!!

Fala, Joãozinho. O que é que estão a construir perto da tua casa?

– Perto da minha casa estão a construir um bordel.

Imediatamente todas as colegas do Joãozinho se levantam para sair da
sala e ele diz:

– Calma, suas pu. …. Ainda não abriu !!!

Ser ou não ser?

escola
matemática

o Joãozinho e o pinhal de Leiria!

escola
joãozinho
professora
NUMA AULA DE HISTÓRIA DE PORTUGAL, pergunta a professora:

– Joãozinho, sabe a quem é que se deve o pinhal de Leiria?

– Porra, ó s’tora !!!… Então essa m#$@ também não está paga !!!???

COMO IR AO WC no 1.º encontro !!!

escola
joãozinho
professora

Durante uma aula de Boas Maneiras, a professora diz:


– Rodrigo, se você namorasse uma rapariga fina e educada e, durante o jantar, precisasse de ir ao WC, o que diria:

Segura as pontas aí que eu vou dar uma mijinha.

– Isso seria uma completa falta de educação!


– André, o que é que você diria?

Mil desculpas, preciso ir ao WC, mas já volto.

– Melhor, mas é desagradável mencionar o WC durante as refeições.


– E você, Joãozinho, seria capaz de usar a sua inteligência para, ao menos uma vez, mostrar boas maneiras?

– Eu diria:

Minha princesa, peço licença para me ausentar por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo apresentar-lhe depois do jantar.

A importância da pontuação nas nossa vidas

escola
professora
Show da língua portuguesa

‘Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta.

Escreveu assim:

‘Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres.’

Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes.

1) A irmã fez a seguinte pontuação:

Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

2) O sobrinho chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres

3) O padeiro pediu cópia do original e esclareceu:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

4) Aí, um descamisado da cidade que andava por ali fez esta interpretação:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

Famosa Anedota de Gandhi

escola
professor
Famosa Anedota de Gandhi

Quando Gandhi estudava direito na Universidade de Londres tinha um professor chamado Peters, que não gostava dele, mas Gandhi nunca baixou a cabeça e eram vários os seus recontros.
Um dia o professor estava a comer no refeitório e esse aluno sentou-se à mesma mesa. O professor disse:
– Senhor Gandhi, você não sabe que um porco e um pássaro não comem juntos?
– Ok professor, já vou voando… E muda de mesa.
O professor, rubicundo, resolve vingar-se no exame seguinte, mas ele responde brilhantemente a todas as perguntas. Então resolve fazer a seguinte pergunta:
– Senhor Gandhi, indo o senhor por uma rua e encontrando uma bolsa, abre-a e encontra a sabedoria e muito dinheiro, com qual deles ficava?
– Claro que com o dinheiro, professor.
Ah pois, eu no seu lugar ficaria com a sabedoria…
– Tem razão professor, cada um ficaria com o que não tem!
O professor aborrecido escreveu na prova “Idiota” e entregou-a.
Gandhi recebeu a prova e sentou-se. Alguns minutos depois foi ter com o professor e disse:

– O professor assinou a prova, mas não pôs a nota…

Politicamente correto

escola

Na Universidade de Griffith, na Austrália, há um concurso anual sobre a definição mais apropriada para um termo contemporâneo.

Este ano, o termo escolhido foi "politicamente correto".

O estudante vencedor escreveu:

"Politicamente correto é uma doutrina, sustentada por uma minoria iludida e sem lógica, que foi rapidamente promovida pelos meios de comunicação e que sustenta a ideia de que é inteiramente possível pegar num pedaço de merda pelo lado limpo."

Filosofia de VIDA

escola
professor

Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega num frasco de maionese e esvazia-o…tirou a maionese e encheu-o com bolas de golf.

A seguir perguntou aos alunos se o Frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.
Então o professor pega numa caixa cheia de Caricas e mete-as no frasco de maionese. As Caricas encheram os espaços vazios entre as bolas de golf.

O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.

Então…o professor pegou noutra caixa…uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese. Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o pofessor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime "Sim !".

De seguida o professor acrescentou 2 taças de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir-se…mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:


‘QUERO QUE SE DÊEM CONTA QUE ESTE FRASCO REPRESENTA
A VIDA’.
As bolas de golf são as coisas Importantes:

como a família, os filhos, a saúde, os amigos, tudo o que te apaixona.

São coisas, que mesmo que se perdêssemos tudo o resto, nossas vidas continuariam cheias.

As caricas são as outras coisas que importam como: o trabalho, a casa, o carro, etc.
A areia é tudo o demais,as pequenas coisas.


‘Se pomos 1º a areia no frasco, não haveria espaço para as caricas nem para as bolas de golf.
O mesmo acontece com a vida’.

Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.


Presta atenção às coisas que são cruciais para a tua Felicidade.


Brinca ensinando os teus filhos,
arranja tempo para ires ao medico,
Namora e vai com a tua/teu namorado/marido/mulher jantar fora,

Pratica o teu desporto ou hobbies favorito.


Haverá sempre tempo para limpar a casa e reparar as canalizações

Ocupa-te das bolas de golf 1º, das coisas que realmente importam.

Estabelece as tuas prioridades, o resto é só areia…

Um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representava o café.

O professor sorriu e disse:

"…o café é só para vos demonstrar, que não importa o quanto a vossa vida esteja ocupada,sempre haverá espaço para um café com um amigo. "

A evolução do ensino da Matemática em Portugal

escola
professora
Na semana passada comprei um produto que custou 1,58€.
Dei à funcionária da caixa 2,00€ e 8 cêntimos, para evitar receber ainda mais moedas.
A rapariga pegou no dinheiro e ficou a olhar para a máquina registadora, aparentemente sem saber o que fazer.
Tentei explicar-lhe que tinha que me dar 50 cêntimos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para a ajudar.
Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar-lhe aquilo que aparentemente continuava sem entender.
Por que estou a contar isto? Porque dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1956, altura em que entrei para a escola primária.

Parece-me que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1956:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda .
Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de
venda ou seja, 80$00.
Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.
O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.
Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.
O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )20$00 ( )40$00 ( )60$00 ( )80$00 ( )100$00

5. Ensino de matemática em 2000:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00
O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.
O lucro é de 20$00.
Está certo?
( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100,00€.
O custo de produção é 80,00€.
Se você souber ler coloque um X no 20,00€.
( )20,00€ ( )40,00€ ( )60,00€ ( )80,00€ ( )100,00€

Joãozinho e o remédio pra memória…!!!

escola
joãozinho
professora

Joãozinho, sempre renovando;
Sempre que o professor explicava uma nova matéria, o Joãozinho cuspia na mão e passava pela testa.
Isto se repetiu tantas vezes, que um dia o professor perguntou:
– Joãozinho, sempre que dou matéria nova vejo você cuspir na mão e passar na testa;
Você pode explicar por quê?
O Joãozinho responde:
– Professor, é que quando a minha irmã está namorando eu ouço ela dizer pro namorado:
– Cospe na cabeça que entra melhor!

CURSO NOCTURNO

corno
escola

Durante o almoço de trabalho, o Pepe e o Ramón discutem …………..

-Pepe, faz cinco anos que estou inscrito num curso nocturno. Não estás
interessado em fazer um?
-Bah! …
-Não? Por exemplo, tu sabes quem foi Graham Bell?
-Não!
-Foi o que inventou o telefone em 1876. Se viesses ao Curso Nocturno,
sabias..
No dia seguinte, a mesma cena…
-Tu sabes quem foi Alexandre Dumas?
– Não!
– Foi o autor de “Os Três Mosqueteiros”. Se viesses ao Curso Nocturno,
sabias…
No dia seguinte, de novo…
-E sabes quem foi Miguel Cervantes?
-Não!
-Foi o autor de “D Quixote”. Se viesses ao Curso Nocturno, sabias…
Já em brasa, o Pepe pergunta:
-Ouve lá Ramón, e tu sabes quem é Manolo Sanchez?
-Não!
-Pois é o gajo que anda a comer a tua mulher ! Se deixasses o Curso Nocturno
saberias!

O Filho Gay !!!

escola
gay
professora

O pai entra no quarto do filho e vê um bilhete em cima da cama.
Lê o bilhete, temendo o pior:

Pai, é com grande pesar que te informo que fugi com meu novo namorado, o
João, um italiano muito lindo que conheci no Algarve.
Estou apaixonado por ele. Ele é muito gato, com todos aqueles ‘piercings’,
tatuagens e aquela super-moto BMW que comprou há dias.
Mas não é só por isso que vou com ele, é que também descobri que não gosto
de mulheres e, como sei que não vais consentir isso, decidimos fugir e ser
muito felizes neste mundo.
Ele quer adoptar filhos comigo, e isso é tudo o que eu sempre desejei para
mim.
Aprendi com ele que a canabis é óptima, uma coisa natural, que não faz mal a
ninguém, e ele garante que no nosso pequeno lar não vai faltar marijuana.
O João acha que eu, os nossos filhos adoptivos e os seus colegas ‘gays’
vamos viver em perfeita harmonia.
Não te preocupes pai, eu já sei cuidar de mim, apesar dos meus 16 anos.
Já tive várias experiências com outros tipos e tenho a certeza que o João é
o homem da minha vida.
Um dia eu volto, para que tu e a mãe conheçam os nossos filhos.
Um grande abraço e até algum dia.
De teu filho, com amor……

O pai quase a desmaiar, continua a ler.

PS: – Pai, não te assustes é tudo mentira!!!
Estou na casa da Cátia, a nossa vizinha boazona.
Só queria mostrar-te que existem coisas muito piores do que as minhas notas
escolares, que estão na primeira gaveta.

Abraços,
Teu filho, burro, mas macho!

A primária nos dias de hoje…

escola
joãozinho
professora

________________________________ default iconimage001.emz

Anedota

escola
professora

________________________________

Joãozinho e a matemática

escola
joãozinho
professora

O pai está a ver as notas do filho.
– Ó Carlinhos, o que é isto? Só 3 a matemática?
– Então pai, a setôra perguntou: “Quantos são 3×2?” E eu respondi: “6”.
– E está certo, meu filho!
– A seguir perguntou: “Quantos são 2×3?”
– Foda-se! Não é a mesma coisa? – perguntou o pai.
– Foi o que eu respondi à setôra!

________________________________