A mania de fazer surpresas.

corno

Júlio está no hotel com a amante, curtindo uns momentos de puro relax, quando ela resolve interromper o silêncio:
– Júlio, por que não cortas essa barba?
– Ah… se dependesse só de mim… Sabes que minha mulher seria capaz de me matar se eu aparecesse sem barba… ela gosta de mim assim!
– Ora, querido – insiste a amante – Faz isso por mim, por favor…
– Não sei não, querida…. sabes, a minha mulher ama-me muito, não tenho coragem de a decepcionar…
– Mas sabes que eu também te amo muito… pensa no caso, por favor…
O tipo continua dizendo que não dá, até que não resiste às súplicas da amante e resolve atender ao pedido.
Depois do trabalho ele passa no barbeiro, em seguida vai a um jantar de negócios e quando chega a casa a esposa já está dormindo.
Assim que ele se deita, sente a mão da esposa afagando o seu rosto lisinho e com a sua voz sonolenta diz:
– Duarte!!! Ainda estás aqui? – Vai-te embora… O barbudo está quase a chegar !!!

TRAIÇÃO ALENTEJANA

corno

A sogra alentejana chega à casa do genro e encontra-o de saída com as malas na mão, furioso.
– O que aconteceu, ó, Manel?
– O que aconteceu?
– Pois aconteceu o seguinte, minha sogra! Fui viajar e mandei um telegrama para a Isabel avisando que voltaria hoje. Chego a casa e o que encontro? Ela com um sujeito! Os dois nus na nossa cama! É o fim, estou a ir embora para sempre!
– Calma! – pede Dona Maria. Deve haver algo errado nessa história, a Isabel jamais faria uma palermice dessas! Espera um pouco que vou verificar o que se passou.
Momentos depois, Dona Maria volta sorridente:
– Não disse que havia um equívoco, meu filho? A Isabel não recebeu o teu telegrama.

Pão alentejano ….

alentejano
corno
médico
Um enfermeiro casado do Hospital de Santa Maria, estava namorando uma médica e ao fim de algum tempo ela ficou grávida!

Ele disse-lhe que assumia a paternidade da criança, mas que não queria que sua mulher soubesse do que se tinha passado.

Ela aceitou e por questões da sua privacidade, pediu a transferência para o Hospital de Évora.

No entanto voltou-se para ele e perguntou-lhe:

– Como te aviso quando o bebe nascer?

– Manda um postal e escreve só ”Pão alentejano".

Passaram-se alguns meses, quando o enfermeiro chega a casa, a esposa disse-lhe:

– Recebeste um postal de Évora mas eu não consigo entender o significado da mensagem.

Ele leu o postal e caiu no chão com um violento ataque cardíaco.

Foi levado imediatamente para as urgências.

O cardiologista perguntou à esposa:

– Aconteceu alguma coisa de anormal que possa ter causado este ataque cardíaco?

– Não!

– Ele apenas leu este cartão postal que diz:

DOIS PÃES ALENTEJANOS: UM COM CHOURIÇO OUTRO SEM.

o armário do IKEA

corno
marido

Uma senhora vai ao Ikea comprar um armário novo. Para que lhe saia mais barato, compra um em kit. Ao chegar a casa, monta-o e fica perfeito.

Nesse momento passa o comboio (ela mora junto à estação de comboios) e o armário desmonta-se todo.

Monta novamente o armário. E este volta a cair com o passar do comboio. À terceira tentativa falhada, telefona para a Ikea e exige a presença de um técnico.

O técnico chega, monta o armário e, quando passa o comboio, desmonta-se todo. O técnico monta novamente o armário, passa outro comboio e, armário novamente desmontado. Então, o técnico tem uma brilhante ideia:

Escute, minha senhora, eu vou montar novamente o armário, meto-me lá dentro e espero que passe o comboio para ver porque é que o armário se está a desmontar.

E assim fez.

Nisto o marido entra no quarto e diz:

– Querida, que armário tão bonito! – e abre a porta.

Ao ver o técnico da Ikea pergunta:

– O que é que você faz aí?

Este responde:

– Estou quase tentado a dizer-lhe que vim comer a sua mulher. Porque, se lhe digo que estou à espera do comboio, não vai acreditar.

a ida ao Motel

corno

Josefa não aguentou e teve de contar à sua amiga Lurdes:

– O teu marido foi visto num motel.

A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos.

– Quando? Onde? Com quem?

– Ontem. No Discretu’s.

– Com quem? Com quem?

– Isso eu não sei.

Quando o Alberto chegou em casa, a Lurdes anunciou que iria deixá-lo. E contou porquê.

– Mas que história é essa, Lurdes? Então não te lembras quem era a mulher que estava comigo no motel eras tu, minha tonta !!!

– Claro que me lembro !! Maldita hora em que eu aceitei ir lá ao Discretu’s dar uma rapidinha! Toda a cidade já sabe que tu estiveste lá com uma gaja!!! Ainda bem que não me identificaram…

– E agora?

– Agora ?? Agora vou ter que te deixar !! É óbvio? É o que todas as minhas amigas estão à espera que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

Mais tarde, já quando a Lurdes estava a sair de casa, com as malas, o Alberto chamou-a. Estava sombrio, taciturno…

– Acabo de receber um telefonema – disse – Era o Mendes.

– O que queria ele?

– Fez mil rodeios, mas acabou por me contar. Disse que, como meu amigo, tinha que me contar que tu foste vista a sair do motel Discretu’s ontem, com um homem, e que de certeza não foi coisa boa.

– O homem eras tu!

– Eu sei, mas eu não fui identificado.

– Mas não lhe disseste que eras tu?

– O quê? Para os meus amigos ficarem a pensar que vou a um motel com a minha própria mulher? Deus me livre de tal coisa!!

– E agora?

– Desculpa, Lurdes, eu não queria, mas…

– Mas o quê???

– Vou ter que te dar uma carga de porrada…

A sogra pacificadora

corno

Sogra alentejana chega à casa do genro e encontra-o de saída com as malas na mão, furioso.
– O que aconteceu, ó, Manel?
– O que aconteceu? Pois aconteceu o seguinte, minha sogra! Fui viajar e mandei um telegrama para a Isabel avisando que voltaria hoje. Chego a casa e o que encontro? Ela com um sujeito! Os dois nus na nossa cama! É o fim, estou a ir embora para sempre!
– Calma! – pede Dona Maria. Deve haver algo errado nessa história, a Isabel jamais faria uma palermice dessas! Espera um pouco que vou verificar o que se passou.
Momentos depois, Dona Maria volta sorridente:
– Não disse que havia um equívoco, meu filho? A Isabel não recebeu o teu telegrama.

SUBTILEZA FEMININA

corno


Um homem telefona para a sua esposa e diz:

– Querida, o meu chefe convidou a mim e a alguns dos seus amigos e irmãos
para pescar num lago distante. Vamos ficar fora uma semana. Esta é uma
excelente oportunidade para eu conseguir a promoção que tenho esperado; por
isso me prepare roupa suficiente para uma semana, e também a minha caixa de
apetrechos de pesca. Vamos partir diretamente daqui do escritório, e vou
passar aí apenas para apanhar essas coisas.

– Ah… Por favor, coloque também o meu pijama novo, aquele de seda azul.

A mulher acha que isso soa um bocado estranho, mas atende ao pedido do
marido.

No fim-de-semana seguinte, ele regressa da pescaria um tanto cansado; mas,
fora isso, nada de anormal.

A mulher recebe-o com um beijo e pergunta-lhe se apanharam muitos peixes.

Ele responde:

– Sim! Muitos pargos, algumas garoupas e uns poucos carapaus. Mas, por que é
que você não colocou o meu pijama de seda azul, tal como pedi?

A mulher apenas olha fixamente nos olhos dele e responde segura de si:

– Coloquei sim, querido! Coloquei-o dentro da caixa de apetrechos de pesca.

vingança terrível

corno

Um tipo chega a casa e apanha a mulher na cama com outro. Aponta-lhe uma arma e leva-o para a garagem. Na bancada de ferramentas prende-lhe a gaita no torno e aperta até o outro não a poder tirar e deita fora a manivela do torno. Pega num serrote e mete-o nas mãos do outro. Este assustado pergunta:
– Para que é que eu quero o serrote?
O homem responde:
– Tu é que sabes… eu cá vou pegar fogo à garagem!

________________________________

Ainda há maridos quase … quase … perfeitos …

marido


O marido liga para casa a meio da tarde:

– Olá, minha rainha! Como está o teu dia?

– Tudo óptimo.

– Que bom! E as crianças estão bem?

– A brincar sem parar, não te preocupes.

– Óptimo, perfeito! Elas já almoçaram? Alimentaram-se bem?

– Sim! Comeram muito bem! Já fizeram os trabalhos de casa e agora estão a
brincar.

– Que bom! conta-me, minha linda, o que vai ser o jantar hoje?

– O teu prato preferido e já meti cerveja no frigorifico…

– Uau! Bife à milanesa e cerveja! É por isso que eu te adoro tanto! Bom…
está tudo tranquilo em casa, então?

– Fica tranquilo que está tudo bem.

– Ah, mais uma coisinha: Tu prometes que, hoje à noite, vais usar aquele
babydoll preto para mim?

– Faço tudo para te agradar… E não vou esquecer o perfume que
tu mais gostas!

– Obrigado meu amor! É por isso te amo tanto…

– Eu sei, eu sei…

– Daqui a pouco estou contigo meu amor?

– Vou ficar ansiosa à espera…

– Agora faz-me um outro favor… Chama a patroa, sim?

Na vida, tudo é relativo

médico

Ao fim da tarde, um ginecologista aguarda a sua última paciente, que não chega.
Depois de 45 minutos de espera, ele supõe que esta já não virá e resolve tomar um gin tónico para relaxar antes de voltar para casa.

Instala-se confortavelmente numa poltrona e começa a ler o jornal quando toca a campainha.
É a paciente que chega toda esbaforida e a pedir desculpas pelo atraso.

– Não tem importância – responde o médico.
Olhe, eu estava a beber um gin tónico enquanto a esperava. Quer um também para relaxar um pouco?

– Aceito com prazer – responde a paciente aliviada.

Ele serve-lhe um copo, senta-se na sua frente e começam a conversar sobre banalidades.
De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório.
O médico tem um sobressalto, levanta-se bruscamente e diz:

– A minha mulher!!! Rápido, tire a roupa e abra as pernas, se não ela vai pensar que temos um caso!
Na vida tudo é relativo…!

________________________________

A anedota do vizinho.

corno

Um amigo diz ao seu vizinho:

– Devias fechar a janela à noite, quando estás em casa.
Ontem vi-te a fazer amor com a tua mulher.
Foi na sala, na cozinha, no corredor, pôrra aquilo é que foi…!!! Ela até pulava de contente !
O outro:
– Ah,ah,ah, ah!
És mesmo PARVO… Eu ontem nem estava em casa !!!

________________________________

Armário IKEA

corno

Uma senhora vai ao Ikea comprar um armário novo. Para que lhe saia mais barato, compra um em kit.
Ao chegar a casa, monta-o e fica perfeito!
Nesse momento passa o comboio (ela mora junto à estação de comboios) e o armário desmonta-se todo. Monta novamente o armário. E este volta a cair com o passar do comboio. À terceira tentativa falhada, telefona para a Ikea e exige a presença de um técnico.
O técnico chega, monta o armário e quando passa o comboio, desmonta-se todo. O técnico monta novamente o armário, passa outro comboio e… armário novamente desmontado. Então, o técnico tem uma brilhante ideia:
– Escute, minha senhora, eu vou montar novamente o armário, meto-me lá dentro e espero que passe o comboio para ver porque é que o armário se está desmontar. E assim fez.
Nisto o marido entra no quarto e diz:
– Querida, que armário tão bonito! – e abre a porta. Ao ver o técnico da Ikea pergunta:
– O que é que você faz aí?
Este responde:

– Estou quase tentado a dizer-lhe que vim “comer” a sua mulher, porque, se lhe digo que estou à espera do comboio, não vai acreditar…

________________________________

Conheces o Conceito de Loop?

Para quem não conhece o conceito de LOOP, trata-se de uma terminologia usada
por informáticos para definir uma confusão ou um problema recorrente, por
eles criado e para a qual não se possui uma explicação concreta nem uma
solução.

Bem, vou partilhar convosco um exemplo, para explicar essa famosa
terminologia.

Diz-se que um programa “entrou em loop” quando acontece a seguinte situação:

O director chama sua secretária boazona e diz:

-Isabel, Tenho um seminário na Argentina por uma semana e quero que me
acompanhe. Por favor faça os preparativos da viagem …

A secretária liga para seu marido:

– Alô, Francisco! Vou viajar para o exterior com o director por uma semana.
Cuida-te querido!

O marido liga para sua amante:

– Leonor, meu amor. A bruxa vai viajar para o exterior por uma semana, vamos
passar esta semana juntos, minha princesa …

No momento seguinte, a amante liga para o menino para quem dá aulas
particulares:

– Joãozinho, estou com muito trabalho esta semana e não te vou poder dar
aulas….

A criança liga para seu avô:

– Avô, esta semana não tenho aulas, a professora estará muito ocupada. Vamos
passar a semana juntos?

O avô (que é o director desta história) chama imediatamente a secretária:

Senhorita Isabel venha rápido – Suspenda a viagem, vou passar a semana com
meu netinho que não vejo há um ano, por isso não vamos participar mais do
seminário. Cancele a viagem e o hotel.

A secretária liga para o marido:

– Oi Amor! O otário do director mudou de ideias e acabou de cancelar a
viagem.

O marido liga para a amante:

– Amorzinho, desculpa! Não podemos passar a semana juntinhos! A viagem da
cobra da minha mulher foi cancelada.

A amante liga para o menino a quem dá aulas particulares:

– Joãozinho, mudei os planos: esta semana teremos aulas como de costume.

A criança liga para o avô:

Grande merda avô! A vélha da professora disse que tenho aulas. Desculpa mas
não poderemos ficar juntos esta semana.

O avô liga para a secretária:

Senhorita Isabel – O meu neto acabou de me ligar a dizer que não vai poder
ficar comigo essa semana, porque ele terá aulas. Portanto dê prosseguimento
à viagem para o Seminário.

Entendeste agora o que é um LOOP ??

Tá escuro aqui, não tá ?

joãozinho
padre

Uma dona de casa recebe um amante todos os dias em casa, enquanto marido
trabalha.

Durante esse tempo ela mete o filho de 9 anos trancado no armário do quarto.

Certo dia o marido chega a casa e o amante ainda lá está.

Então ela tranca o amante no armário onde estava o filho.

Ficaram lá um bocado, até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* Tá…

* Eu tenho uma bola de ténis para vender…

* Que giro!

* Queres comprar?

* Não!

* Pronto… Se preferes que eu diga ao meu pai…

* Quanto é que queres pela bola?

* 25 euros.

* Toma.

Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo.

O amante está em casa.

O miúdo está no armário. O amante vai para o armário.

Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* É, está.

* Eu tenho aqui uma raquete de ténis para vender por 150 euros.

* Que bom.

* Queres comprar?

* 150 euros??? É muito cara!!

* Se preferes que eu diga ao meu pai… É contigo..

* Nao, não… Eu compro.

* Aqui está.

Outra semana depois, o marido torna a chegar cedo.

O amante está em casa.

O miúdo está no armário.

O amante vai para o armário.

Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* É, está.

* Eu tenho aqui umas sapatilhas da Nike para vender por 500 euros.

* Que bom para ti.

* Queres comprar?

* 500 euros??? Tás doido?!!

* Se preferes que eu diga ao meu pai… É contigo..

* Não não, eu compro, eu compro.

No fim-de-semana, o pai chama o filho:

* Pega na bola e na raquete e vamos jogar.

* Não posso. Vendi tudo.

* Vendeste? Por quanto?

* 675 euros.

* Não podes enganar os teus amigos assim. Vou levar-te agora ao padre para te confessares.

Chegando à igreja, o miúdo entra pela portinha, ajoelha-se e fecha a portinha.

Abre-se uma janelinha e aparece o padre.

–* Meu filho, não temas a Deus, diz e Ele perdoar-te-á. Qual é o teu pecado?

— * Tá escuro aqui, não tá?

— * Não vais começar com essa merd@ outra vez, pois não???

Ser honesto...olha no que dá....

Minha mulher me perguntou:

Com quantas mulheres você já dormiu ?

Eu, orgulhosamente, respondi:

Só contigo, meu amor. Com as outras, fiquei acordado…

Horário de visitas no Hospital: das 15 às 17 horas.