O irmão meio maluco

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Havia um rapaz que tinha um irmão meio maluco. Certo dia, ele estava-se a despachar para sair com a namorada, quando o maluco pergunta:

– Onde vais?

Responde o irmão:

– Vou sair com a minha namorada.

Diz o maluco:

– Vou contigo!

Responde o irmão irredutível:

– Não vais nada.

A mãe, que estava a ouvir a conversa, com aquele enorme zelo pelo filho doente, diz:

– Vais levar o teu irmão, sim. Ele é diferente e precisa de atenção.

O irmão, sem outra opção, lá o levou para o encontro. Chegando lá, conversa vai, conversa vem, ele começa a beijar a namorada quando o maluco diz:

– Também quero!

Intrigado pergunta o irmão:

– Queres o quê? Beijar a minha namorada? É que nem pensar!

E a moça, com pena:

– Não tem problema amor, é só um beijinho, ele é doente.

E o maluquinho dá um belo beijo na namorada do irmão. No outro dia, pergunta novamente o maluco ao irmão:

– Onde vais?

Responde o irmão:

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

– Dar uma volta com a minha namorada.

Diz o maluco:

– Vou contigo!

Como tinha uns planos especiais com a namorada, responde:

– Não, hoje não vai dar!

E a mãe:

– Ah, meu filho, leva o teu irmão, ele é doente.

O irmão, impaciente, lá tem que o levar para sair novamente. E no meio da rambóia entre o casalinho, o maluco vê o irmão a apalpar os seios da namorada. Diz ele todo contente:

– Também quero fazer isso!

Incrédulo responde o irmão:

– Nem pensar!

E a namorada, com pena do maluco, relaxa o namorado:

– Só um bocadinho amor, ele é maluquinho.

E o maluco mete as mãos nos seios da namorada do irmão todo contente. No outro dia, o irmão ao despachar-se para sair com a namorada, pergunta outra vez o maluco:

– Onde vais?

Responde furioso o irmão:

– Vou apanhar no cu!

Diz o maluco:

– Ah ok, então vê se não demoras.

A Salsicha

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Dois tipos querem ir tomar uns copos num sábado á noite… mas não têm mais que um ou dois euros.
O primeiro diz:
– Espera, tenho uma ideia, já vais ver.

E compra uma grande salsicha com o dinheiro que tinha.
– És estúpido? – diz o outro – Assim ficamos sem dinheiro. E agora o que é que vamos fazer?
– Não te preocupes, já vais ver.

Entram num bar, pedem dois whiskys e começam a bebê-los. Quando acabaram, o primeiro diz ao outro:
– E aqui vai o truque: abro a minha braguilha, deslizo discretamente a
salsicha por ela, ajoelhas-te á minha frente, e chupas a salsicha.
Nunca falha!
Então, o primeiro tira a salsicha das calças, o segundo ajoelha-se e começa a chupar a salsicha.

Ao ver isto, o dono do bar grita-lhes:
– Xiça, que paneleirada! Que é que estes gajos tão prá qui a fazer?… Saiam daquí agora mesmo!

Como o truque funciona, voltam a entrar noutro bar e bebem um segundo
whisky e… hop!… ajoelhar… salsicha… expulsão…

Deste modo, vão de bar em bar, mas quando chegam ao 15º bar, e tendo já bebido uns 14 whiskies, o segundo diz ao primeiro:
– Cum caraças, vamos parar com isto, que já não posso mais, dói-me
imenso os maxilares.

Ao que o primeiro responde:
– Pode ser, eu também já não aguento mais, ainda por cima perdi a porra da
salsicha no terceiro ou quarto bar…

As aparências muitas vezes nao iludem

Um nobre e rico aristocrata estava a dar uma festa na sua mansão e reparou que um dos convidados se parecia extremamente com ele.
Pensando que uma tal semelhança não era possível sem laços de sangue e imaginando uma possível aventura do pai, aproximou-se do convidado e perguntou discretamente:

– A sua mãe foi alguma vez empregada desta casa…?

O convidado respondeu:
Não, mas o meu pai foi cá jardineiro!!!!!!!!!!!!!!!…

Ganhei o euromilhões!!!!

A mulher grita louca, na varanda de sua casa, para o marido que está no parque conversando com os amigos:

– Chico! Ó Chiiiiico! Ganhámos 50 milhões no Euromilhões!

O homem salta como louco de alegria, deixa os amigos, e lança-se numa corrida para casa para abraçar a mulher.

Atravessa a rua a correr, e Zaááááááásss! ……. aparece um camião a 120 km / h e sem abrandar, ……leva-o adiante.

Ela abre os olhos quase fora das órbitas e exclama:

– Pxxxa! Quando se está com sorte….. ela vem de todos os lados!!!!! Agora recebo também o SEGURO DE VIDA!

Um advogado é um advogado…

Um chefe da Máfia descobriu que o seu contabilista tinha desviado milhões de dólares do caixa.
O contabilista era surdo-mudo, por isso fora admitido, pois nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo, não poderia depor como testemunha.
Quando o chefe foi dar-lhe um aperto sobre os milhões em falta, levou uma advogada, que sabia a linguagem de sinais dos surdos-mudos.
O chefe perguntou ao contabilista:
– Onde estão os 10 milhões que desapareceram?
A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao contabilista, que logo respondeu (também em sinais):
– Eu não sei do que é que vocês estão a falar.
A advogada traduziu para o chefe:
– Ele disse não saber do que se trata.
O mafioso sacou uma pistola e encostou-a à testa do contabilista, gritando:
– Pergunte-lhe de novo e ele que responda a verdade senão mato-o!
A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
– Ele vai-te matar se não disseres onde está o dinheiro.
O contabilista sinalizou em resposta:
– OK, vocês venceram, o dinheiro está numa mala de couro, que está enterrada no quintal da casa do meu primo Eurico, que fica nº400, da Rua 26, no Bairro de Queens!
O mafioso perguntou à advogada:
– O que é que ele disse?
A advogada respondeu:
– Ele disse que não tem medo de paneleiros e que você não tem tomates para puxar o gatilho…

A mania de fazer surpresas.

Júlio está no hotel com a amante, curtindo uns momentos de puro relax, quando ela resolve interromper o silêncio:
– Júlio, por que não cortas essa barba?
– Ah… se dependesse só de mim… Sabes que minha mulher seria capaz de me matar se eu aparecesse sem barba… ela gosta de mim assim!
– Ora, querido – insiste a amante – Faz isso por mim, por favor…
– Não sei não, querida…. sabes, a minha mulher ama-me muito, não tenho coragem de a decepcionar…
– Mas sabes que eu também te amo muito… pensa no caso, por favor…
O tipo continua dizendo que não dá, até que não resiste às súplicas da amante e resolve atender ao pedido.
Depois do trabalho ele passa no barbeiro, em seguida vai a um jantar de negócios e quando chega a casa a esposa já está dormindo.
Assim que ele se deita, sente a mão da esposa afagando o seu rosto lisinho e com a sua voz sonolenta diz:
– Duarte!!! Ainda estás aqui? – Vai-te embora… O barbudo está quase a chegar !!!

a escrita inteligente

A man received a message from his neighbour:

"Sorry sir, I am using your wife… day and night… when you are not present at home… In fact, much more than you do.

I confess this now because I am feeling very much guilt. Hope you will accept my sincere apologies."

The man shot the wife… A few minutes later he received another message:

"Sorry sir, spelling mistake… wifi, not wife".

o assistente de médico – Jonas!

Um médico, em SÃO PAULO, queria descansar e ir pescar.

Então dirigiu-se seu assistente e disse-lhe:

– JONAS, amanhã vou pescar e não quero fechar a clínica. Acha que consegue cuidar dela e de todos os pacientes ?

– Sim, senhor! – respondeu JONAS.

O médico foi pescar e voltou no dia seguinte.

– Então, JONAS, como correu o dia?

– Cuidei de três pacientes. O primeiro tinha uma dor de cabeça e,então, eu dei-lhe Paracetamol.

– Bravo, meu rapaz. E o segundo? – perguntou o médico.

– O segundo teve indigestão e eu dei-lhe Guronsan – informou JONAS.

– Bravo, bravo! Você é bom nisso… E o terceiro? – perguntou o médico.

– Bom, doutor, eu estava sentado aqui e, de repente, abriu-se a porta e entrou uma linda mulher. Ela tirou a roupa, despiu tudo,incluindo o sutiã e as cuequinhas. Depois deitou-se sobre a marquesa, e gritou: «AJUDE-ME, pelo amor de Deus! Há cinco anos que eu não vejo homem!”

– Nossa Senhora, JONAS, o que é que você fez? – perguntou o médico.

– Eu pus-lhe gotas nos olhos, doutor!

A internet nunca substituirá o jornal

Trata-se de uma discussão interessante. De um lado, os moderninhos com seus
tablets. Do outro, os tradicionais. Mas, conforme poderá ser visto adiante,
o jornal impresso, como sempre o conhecemos, realmente não poderá ser
substituído pela internet.

A seguir alguns dos importantes usos do jornal:

Uso doméstico

– Amadurecer banana, abacate, etc…

– Recolher o lixo.

– Limpar os vidros.

– Dobradinho, serve para nivelar os pés de móveis.

– Embrulhar as louças na mudança.

– Recolher a sujeira do cachorro.

– Forrar a gaiola do passarinho.

– Cobrir os móveis e o piso antes de pintar a casa.

– Evitar que entre água por baixo da porta.

– Proteger o piso da garagem quando o carro está vazando óleo.

– Matar moscas, baratas e demais insetos.

– Na época da crise económica, usá-lo como papel higiénico, mesmo que seja
um pouco duro.

Uso educativo

– Bater no focinho do cachorro quando ele faz xixi dentro de casa.

– Fazer barquinhos de papel.

– Arrancar um pedacinho em branco para anotar número de telefone.

Uso comercial

– Alargar os sapatos.

– Rechear as bolsas de mulher para conservar a forma.

– Embrulhar peixes.

– Embrulhar pregos na loja de material de construção.

– Fazer um chapeuzinho para o pintor ou para o pedreiro.

– Cortar moldes para o alfaiate ou para a costureira.

– Embrulhar quadros..

– Embrulhar flores.

Uso festivo

– Acender a churrasqueira.

– Rechear a caixa de presente-surpresa.

Outros Usos

– Para os sequestradores usarem suas letras nas cartas.

– Fazer bolinhas para jogar nos companheiros de classe.

– Fazer uma capinha para o machado ou foice.

– Fazer protecção na cabeça para não estragar a chapinha quando estiver garoando.

– Nos filmes, para os bandidos esconderem a arma.

– Para esconder-se atrás dele quando não quiser que te vejam.

– Para ler as notícias!!!

Vai – me dizer que consegue fazer tudo isto com um computador?

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close