prioridades alentejanas

alentejano

Um fogo começou a deflagrar num monte no meio do Alentejo. Os bombeiros foram imediatamente chamados para extinguir as chamas. O fogo estava cada vez mais forte, e os bombeiros não conseguiam dominar as chamas. A situação já estava a ficar fora de controlo, quando alguém sugeriu que se chamasse o grupo voluntário da Vidigueira. Apesar de alguma dúvida quanto às capacidades e equipamento dos voluntários, seria mais uma forma de auxílio. Assim foi. Os voluntários chegaram num camião velho, desgastado pelo fogo. Passaram em grande velocidade e dirigiram-se em linha recta para o fogo! Foram mesmo até ao meio das chamas e pararam. Os voluntários saltaram todos para fora do camião e começaram a pulverizar freneticamente em todos os sentidos. Como estavam mesmo no meio do fogo, as chamas dividiram-se, e restaram duas porções facilmente controláveis. A ver tudo isto, o dono do monte estava impressionado com o trabalho dos voluntários da Vidigueira e respirou de alívio quando viu a sua herdade ser poupada. Na hora pôs as mãos na algibeira e passou imediatamente um cheque de 5000 euros à corporação voluntária. Um repórter do jornal local perguntou logo ao capitão:

– 5000 euros! Já pensou o que vai fazer ao dinheiro?

– Penso que é obvio, não é? – responde o capitão a sacudir a cinza do capacete – A primeira coisa que vamos fazer é arranjar a merda dos travões do nosso camião!!

O alentejano de descapotável

alentejano

Um alentejano, que era o mais pobre da aldeia e por isso só tinha uma velha bicicleta, aparece no Café Central com um carro ‘ultimo modelo’ descapotável, desportivo, etc. Admirados, perguntam os conterrâneos:

– Atão cumpadri, onde arranjou esse carrinho?

– Nem calculam! Tava ali na estrada, vi uma moça, por acaso bem jeitosa, a chorar e perguntei: "O que é que se passa?’ Disse-me: ‘Veja lá um carrinho novo, tão caro, e já avariado’. Foi então que eu abri o motor, liguei dois fios e pronto, o carro estava arranjado.

Incrédulos, os outros continuam a ouvir o relato.

– Então, ela puxou-me para trás do chaparro, despiu-se toda e disse-me: "Para se pagar do trabalho que teve, faça o que quiser". E eu fiz o que queria: meti-me no carro e abalei com ele.

Em coro, respondem os outros:

– Ora isso é que vossemecê fez muito bem. De certeza que a roupinha dela também não lhe servia.

Diálogo entre um homem que bebe e uma mulher que não bebe

bêbado

Diálogo entre um homem que bebe e uma mulher que não bebe.

Mulher:
– Você bebe?
Homem:
– Sim.
Mulher:


– Quanto por dia?
Homem:
– 3 uísques.
Mulher:
– Quanto paga por um uísque?
Homem:
– Cerca de $10.
Mulher:
– Há quanto tempo você bebe?
Homem:
– Há 20 anos.
Mulher:
– Um uísque custa $10 e você bebe 3 por dia = $900 por mês = $10.800 por ano, certo?
Homem:
– Correcto.
Mulher:
– Se num ano você gasta $10.800 sem contar com a inflação, em 20 anos você gastou $216.000, certo?
Homem:
– Correcto.
Mulher:
– Você sabia que com esse dinheiro aplicado e corrigido a juros compostos durante 20 anos você poderia comprar um Ferrari?
Homem:
– Você bebe?
Mulher:
– Não.
Homem:
– Então onde está a porra do seu Ferrari?

preservativos e o sexo seguro

Sexo, Super sexo e Amor

Uma mulher mais velha explicava a uma amiga bem mais nova o que era SEXO, SUPER-SEXO e AMOR.

– Sexo é quando um homem te dá regularmente 5 mil euros por mês, te leva a um bom restaurante e depois te leva para a cama. Super-sexo é quando um homem te dá regularmente 10 mil euros por mês, te leva a um restaurante francês em Paris e depois te leva para a cama.
– E Amor? ? pergunta a mais nova
– Amor é uma técnica que os pobres inventaram para te comer de graça.

A sua Chefe sai mais cedo???

corno

Num escritório trabalhavam três raparigas e tinham uma chefe. A cada dia elas notavam que a chefe saía sempre mais cedo.

Um dia todas decidiram que, quando a chefe saísse, elas fariam o mesmo.Afinal, depois de sair, a chefe nunca mais voltava, nem dizia mais nada, por isso estariam seguras. E porque é que também não poderiam ir para casa mais cedo?

A morena ficou absolutamente radiante por ir para casa mais cedo. Pôde tratar um pouco do jardim, passar algum tempo a brincar com o filho, e foi para a cama mais cedo.

A ruiva ficou também deliciada com esse tempinho extra. Aproveitou para uma curta aula no ginásio antes de se preparar para um encontro ao jantar.

A loura ficou contente por chegar a casa mais cedo e surpreender o marido, mas quando chegou ao quarto, ouviu vários sons abafados. Abrindo a porta lenta e silenciosamente, ficou mortificada por ver o marido com a sua chefe em grande acção na cama! Suavemente fechou de novo a porta e saiu da casa.

No dia seguinte, durante a pausa para café, a morena e a ruiva planeavam sair de novo mais cedo e perguntaram à loura se ela queria fazer o mesmo.

– Nem pensar! – foi a resposta – Quase que fui apanhada ontem!

Joãozinho e o remédio pra memória…!!!

escola
joãozinho
professora

Joãozinho, sempre renovando;
Sempre que o professor explicava uma nova matéria, o Joãozinho cuspia na mão e passava pela testa.
Isto se repetiu tantas vezes, que um dia o professor perguntou:
– Joãozinho, sempre que dou matéria nova vejo você cuspir na mão e passar na testa;
Você pode explicar por quê?
O Joãozinho responde:
– Professor, é que quando a minha irmã está namorando eu ouço ela dizer pro namorado:
– Cospe na cabeça que entra melhor!