A Loucura dos 60

(Paco Bandoleiro)

Quem eu era?
Quem sou e quem pareço?
Se alguém hoje me condena,
Com certeza que mereço

sou contrabandista
de terror e maldade
e disparo certeiro
com balas de verdade

os copos que não bebi
os tiros que não disparei
as tretas que não li
as coboiadas que não vivi
o juízo que nunca achei

meus amigos e inimigos
importante é o sorriso
para fingir muita coragem
e continuar na malandragem
com o cinismo que é preciso

fiz um contrato com o vento
de não me deixar prender
nem por cadeias ou jaulas
nem por balas de morrer

não adianta
dar importância à vida
a loucura dos 60
não tem conta nem medida

oh Elvas, oh Elvas
um pistoleiro à vista
sou um terrorista
sem dó nem piedade
e trago no coldre
pistolas de verdade

refrão
pum, pum.. catraPum
pistola de verdade

musica de
Samuel Colt

letra e disparos de
Paco Bandoleiro

participação especial
Guns & Roses

editora
RevolverPhonics Company

distribuição
GipsyCiganada

esta é que é a boa música da malta porreira e revolucionária, que salva a humanidade tocando guitarra, bebendo umas bjecas e disparando uns fogachos de vez em quando… (e os outros que se lixem!)..

________________________________

A BASTIANA, ESPOSA DE ZÉ DO LEITE

alentejano
padre

A Bastiana, esposa de Zé do Leite, dos Aivados, ia pela rua de Ourique – Baixo Alentejo, quando cruzou com o sacerdote. O padre disse-lhe:
– Bom dia. Por acaso você não é a Bastiana?, a quem casei já há dois anos na minha antiga diocese em Messejana?
Ela respondeu:
– Sim, Padre, sou eu mesma!
O sacerdote perguntou:
– Mas não me lembro de ter batizado um filho seu. Não teve nenhum?
Ela respondeu:
– Não, Padre, ainda não.
O padre disse:
– Bem, na próxima semana viajo para Roma. Por isso, se você quiser, acendo lá uma vela por você e por seu marido, para que recebam a benção de poder ter filhos.
Ela respondeu:
– Oh Padre, muito obrigada, ficaremos ambos muito gratos!
Alguns anos mais tarde encontraram-se novamente. O sacerdote, já ancião, perguntou:
– Bom dia Bastiana. Como está agora? Já teve filhos?
Ela respondeu:
– Oh, sim, Padre, 3 pares de gêmeos e mais 4.. No total 10! E a caminho décimo primeiro !…
Disse o padre:
– Bendito seja o Senhor! Que maravilha! … E onde está o seu marido?
– Vai a caminho de Roma, pra ver se apaga a porra da vela !

________________________________

Novas Oportunidades – versão 2012

Na praia um homem passeia junto ao mar quando vê um barco voltar-se. De repente alguém começa a pedir socorro.
– Socorro. Ajudem-me! Não sei nadar.
O homem rapidamente atira-se à água mas quando chega perto do indivíduo este afunda.
Determinado, mergulha em busca da vítima e consegue trazê-la à tona.
Ofegante a vítima declara:
– Obrigado. Sabe? Sou o 1º ministro Passos Coelho e vou condecorá-lo pelo seu heróico acto.
Ouvindo isto, o salvador larga-o e começa a nadar para terra.
Passos começa de novo a estrebuchar e a pedir ajuda:
– Que está a fazer? Não vá! Ajude-me!
Ao que o outro responde:
– Não se sinta infeliz. Isto é para seu bem. Encare isto como a oportunidade de finalmente aprender a nadar.

(Por Francisco Trindade)

________________________________

NUNCA SUBESTIMEM UM IDOSO

Uma velhinha foi ao supermercado e colocou a ração de gato mais cara no
carrinho.
Quando chegou à caixa a moça disse-lhe:
– Desculpe, mas nós não podemos vender-lhe a ração para gatos sem a prova de
que a senhora realmente tem gatos. Muitos idosos compram ração de gatos para
comer, e a gerência quer ter provas de que a senhora está realmente a
comprar a ração para o seu gato.
A velhinha foi para casa, pegou no gato e levou-o ao super mercado e eles
então venderam-lhe a ração.
No dia seguinte, a velhinha foi ao supermercado novamente e comprou 12 dos
mais caros biscoitos para o seu cachorro.
A caixa, novamente, pediu provas de que ela realmente tinha um cachorro,
explicando que os idosos costumavam comer comida de cachorro.
Frustrada, ela foi para casa e voltou com o seu cachorro, e pôde então levar
os biscoitos.
Noutro dia, a velhinha voltou ao mercado trazendo uma caixa com um buraco na
tampa e pediu para a moça colocar o dedo no buraco.
A moça da caixa disse:
– Não ! – Pode ter uma cobra aí dentro!!!
A velhinha assegurou-lhe que não tinha cobra de estimação, e que não havia
nada na caixa que pudesse mordê-la…
Então a moça da caixa enfiou o dedo no buraco, tirou, cheirou e disse:
– Hummm… mas isto é merda!!!
A velhinha então sorriu de orelha a orelha e confirmou:
– É merda mesmo! – Agora, minha querida, posso comprar três rolos de papel
higiénico???

Serão os maridos desconfiados ?

corno


Um sujeito chega a casa, abre a porta e encontra a mulher de cu pró ar a
limpar o chão… e ela está vestida apenas com um avental!

O traseiro nu e balançado deixa-o excitado e ele nem hesita: baixa as calças
e pimba ali mesmo! Explode num orgasmo mas, de seguida, dá uma surra na
mulher.

Ela fica revoltada:- Tás maluco ou quê? Deixo-te comer sem dizer nada e
ainda me bates? Posso saber ao menos porquê?

Ele olha-a com ar zangado e responde:- Nem te viraste para ver quem era

Avós

avós
escola
professora

[cid:image001.jpg@01CD38D9.D0C6A370]

________________________________

Problemas no bairro

médico

Uma mulher vai ao médico:
– Doutor, queria que me curasse de um enorme problema!
– Vamos a isso. Quais são os sintomas?
– Olhe doutor, de manhã quando me levanto sinto uma coisa no corpo, um calor, uma comichão. Nessas alturas abro a janela, chamo o primeiro homem que vai a passar e fazemos amor até que me sinta mais calma. Ao meio dia, a mesma coisa. Abro a janela, chamo um homem e fazemos amor. À tarde e à noite, as cenas repetem-se. De que é que eu sofro, doutor?
– Bom, eu acho que a senhora é ninfomaníaca.
– Importa-se de me escrever isso num papel para eu mostrar às pessoas lá do meu bairro, que já andam a dizer que eu sou uma grande puta?

________________________________

Boas noticias

https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/s320x320/554314_336075
423133002_323534797720398_818251_1724313419_n.jpg>

especialidades médicas

médico

Um sujeito foi ao médico de família, com o testículo esquerdo inchado e dormente. O médico disse que era uma inflamação testicular, que não era nada grave, mas que ele procurasse um especialista. E deu-lhe o telefone de um colega urologista, mas na hora, enganou-se no número e deu o do advogado. O tipo marcou hora e estava lá diante do advogado, achando que era o médico:
– Em que posso ajudar?
O nosso amigo baixou as calças e mostrou:
– Como o senhor está vendo, doutor, estou com uma inflamação no testículo esquerdo.
O advogado ficou a olhar a cena sem entender absolutamente nada. Pensou… pensou… pensou… e disse:
– Meu amigo, a minha especialidade é o Direito.
E o sujeito:
– Foda-se, agora até há especialistas para cada colhão!!

________________________________

A mija do Passos Coelho …!!!!!


O Primeiro-ministro vai a conduzir quando lhe dá uma enorme vontade de ir à
casa-de-banho.

Ele encosta o carro, sai, desaperta as calças e começa a mijar.

Mal termina, aparece um polícia.

Diz o guarda:

– Boa noite… Estava a mijar na via pública?

– Estava, sim. Eu admito. Sinta-se à vontade para cumprir o seu dever e para
me autuar, ou mesmo prender, se for o caso.

– Ora essa, de modo algum! O senhor é… o nosso Primeiro-Ministro!

– Ora, mas lá por ser Primeiro -Ministro não significa que esteja acima da
lei!

– Pois…mas não é isso… É que o senhor já fez tanta merda que agora não
faria sentido multá-lo por uma mijinha!

Ai este Francisquinho …

escola
professor

O professor pede aos alunos para darem exemplos de excitantes:
-O café ! -responde a Maria
-Muito bem – diz o professor
-O álcool ! – responde o António
-Muito bem – diz o professor
-Uma mulher nua ! -responde o Francisquinho
O professor, num tom de voz severo:
-Vais dizer ao teu pai para vir ter comigo amanhã, tenho duas palavrinhas para lhe dizer…
No dia seguinte o professor repara que o Francisquinho está sentado na última fila. Pergunta-lhe:
-Francisquinho, deste o recado ao teu pai?
-Dei sim, senhor professor
-O que é que ele te disse?
-Ele disse-me : ‘Se o teu professor não fica excitado com uma mulher nua é porque é paneleiro ! Fica longe dele, meu filho’

________________________________

Joãozinho falando inglês

escola
joãozinho
professora


A professora chega à sala de aula cumprimenta os alunos e diz:

– Classe, hoje eu quero que vocês pensem palavras, em inglês, que usamos,
sem traduzirem e façam mímica, para que seus colegas adivinhem a palavra que
pensaram, ok?.. (sugere a professora)**** Julinha foi a primeira.

Andando, como se olhasse vitrines e segurasse sacolas, todos olharam e
entenderam dizendo *:”SHOPPING CENTER!!!”*****

– Muito bem, Julinha!.. (diz a professora). Agora você Carlinhos!

****

Carlinhos finge estar comendo um lanche, todos entendem o gesto, novamente,
a classe responde: *”HAMBURGER!!!”*

****

– Muito bem, Carlinhos!.. (elogia a professora). Agora sua vez Joãozinho!

****

Joãozinho, visivelmente animado, pega seu livro e acerta em cheio o rosto do
colega sentado ao lado… **** A classe, surpresa, olha sem entender,
enquanto a professora irritada pergunta:

– O que significa isso, Joãozinho???

****

E ele, com aquela cara de sacana responde:

****

– *FACEBOOK!*****

A Velhinha, o balde, a tinta, os frangos e o ganso…

Um agricultor resolveu ir a pé de volta para a sua quinta. No caminho,comprou
um balde, uma lata de tinta, dois frangos e um ganso vivos.

Quando saiu, parou e ficou a pensar como iria levar as compras para
casa. Enquanto coçava a cabeחa, apareceu uma velhinha que lhe disse
estar perdida e lhe perguntou:

– Pode explicar-me como chego até a Estrada das Andorinhas?

– Bem – diz o agricultor – a minha quinta fica prףxima desse local. Eu
levaria a senhora até lá mas ainda não resolvi como vou carregar tudo
isto.

A velhinha então sugeriu:

– Olhe, coloque a lata de tinta dentro do balde, carregue o balde numa
das mãos, um frango sob cada braço e o ganso na outra mão.

– Muito obrigado… – disse o homem – é uma boa ideia.

A seguir, partiram os dois para o destino.

No caminho, ele disse:

– Vamos cortar caminho e por este atalho, pois assim economizamos muito
tempo.

A velhinha olhou-o cautelosamente e disse:

– Eu sou viúva e solitária e não tenho marido para me defender. Como
vou eu saber se quando estivermos no atalho você não avançará para mim
e levantará a minha saia para fazer alguma coisa comigo?

Diz o homem:

– Impossível, estou a carregar um balde, uma lata de tinta, dois
frangos e um ganso vivos. Como poderia eu fazer isso com tanta coisa
nas mãos, sendo que se as soltar as aves são as primeiras a fugir?

Responde a velhinha:

– Simples, coloque o ganso no chão, ponha o balde invertido sobre ele
e coloque a lata sobre o balde que eu seguro os frangos…

http://www2l.incredimail.com/gcontent/stamps/new2011/pixel.gif?upn=675758265169805539

há muito stress nas famílias portuguesas

corno
joãozinho

A mãe do Joãozinho, stressada, pede ao filho para ligar ao pai, a dizer-lhe que o jantar está pronto.

– Já ligaste?! O que o teu pai disse?! Já vem?!

– Já liguei três vezes, mãe, mas só atende uma mulher…
A mãe, interrompendo-o, bruscamente, grita:

– … Aaaah…, deixa comigo!… Quando ele vier, vai ver!!!
Mal o pai chega a casa, ela aplica-lhe uma valente tareia, com tudo o que encontra à disposição: vassoura, frigideira, panela, micro-ondas, enfim….
Os vizinhos correm em socorro, mas para conseguirem tirar o homem debaixo dela, era complicado: ela estava furiosa… ralhava, continuava a atirar com as coisas, enquanto esperavam pela ambulância…
– Ordinário, eu mato-te!!! Joãozinho, anda cá! Diz, aqui, a toda a gente, o que foi que aquela vaca te disse, ao telefone!
– Ela disse: “TMN – o número que marcou não está disponível. Por favor, tente mais tarde. Obrigada.”…

As previsões completas para o Euro-2012

As previsões completas
________________________________