VIDA DE REFORMADO…

polícia


As pessoas que ainda trabalham muitas vezes perguntam-me o que é que eu faço todos os dias, agora que estou reformado …
Bem, por exemplo, outro dia eu fui centro da cidade tratar de um assunto com o meu banco, não demorei muito, foi uma questão de cinco minutos.

Quando saí, um Polícia estava preenchendo uma multa por estacionamento indevido.

Eu, rapidamente aproximei-me dele e disse-lhe: Vá lá, senhor guarda, eu não demorei mais que cinco minutos…! Deus irá recompensá-lo se tiver um pequeno gesto para com um reformado…

Ele ignorou-me completamente e continuou a preencher o formulário.
A verdade é que passei-me um pouco e disse-lhe que devia ter vergonha.
Ele olhou-me friamente e começou a preencher outra infracção alegando que também não tinha a vinheta comprovativa do seguro.
Então eu levantei a minha voz para lhe dizer que já tinha percebido que estava a lidar com um polícia idiota, e que nem compreendia como é que ele tinha sido admitido na polícia de tráfego…
Ele terminou com a segunda infracção, colocando-a no pára-brisas, e começou com um terceiro preenchimento.
Eu já o estava a chatear à mais de 20 minutos, chamando-o de tudo, desde estúpido a filho da pata
Ele, a cada insulto, respondia com uma nova infracção e consequente preenchimento da respectiva multa acompanhada de um sorriso que reflectia uma satisfação de vingança…
Depois da décima violação… eu disse-lhe: – Tenho pena mas tenho que me ir embora… vem ali o meu Autocarro !
Desde a minha aposentadoria, que estou testando as minhas capacidades para ir tendo um pouco de diversão.
Na minha idade há que fazer alguma coisa… para não me aborrecer !

________________________________

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>