Publicidade

A reforma é como o horizonte


“A reforma é como o horizonte: uma linha imaginária que recua à medida que
tu avanças.”

Curso de político de 1º Nível


de são Francisoco a Paris em 2 minutos

avião


Dedução Empírica

professor


O João estava a cortar a relva do jardim quando repara num novo vizinho a
mudar-se para a casa do lado.

Curioso aproxima-se dele e após as apresentações da praxe, Miguel, o novo
vizinho, diz-lhe que é Professor de Dedução Empírica.

João – Dedução Empírica?! Que é isso?
Miguel – Bem, deixe-me dar-lhe um exemplo… Estou a ver que tem uma casota
para cães. Deduzo que tenha um cão. Se tem um cão é provável que tenha
filhos. Se tem filhos é mais que normal que tenha esposa. Se tem esposa sou
forçado a deduzir que é heterossexual.
João – Isso é muito fixe!
Separam-se e João vai conversar com o outro vizinho, Zé, que também tinha
reparado na mudança para a casa ao lado.
Zé – Novo vizinho… Que faz ele?
João – É Professor de Dedução Empírica.
Zé – Dedução Empírica?! Que é isso?!
João – Deixa dar-te um exemplo. Tens um cão?
Zé – Não.
João – És Paneleiro!

anuncio cerveja Guinness


Uma senhora estava viúva há quatro anos e nunca mais teve contacto com nenhum homem…

A filha, cansada de ver a mãe tão triste, insistiu muito e
apresentou-a a um viúvo muito simpático. Os dois acabaram-se dando muito
bem…

Depois de seis semanas saindo quase todas as noites, eles resolveram ir à
praia num fim-de-semana. No hotel, ela tira a roupa e fica nua, com excepção
de uma minúscula calcinha de renda preta, e diz ao namorado:

– Você pode fazer o que quiser comigo, mas aqui em baixo – apontando para a
calcinha.

– ainda estou de luto.

Foi um balde de água fria no pobre homem. Na noite seguinte, a mesma
história.

Ela despe-se e fica apenas com a calcinha de renda preta, de
frente para o namorado que está peladão, com uma erecção daquelas, e o falo
coberto por uma camisinha preta!

Ela olha espantada e pergunta:

– Mas o que é isso? Uma camisinha preta?

Ele responde:

– Pois é, eu vim dar meus pêsames!!!

Tá escuro aqui, não tá ?

joãozinho
padre

Uma dona de casa recebe um amante todos os dias em casa, enquanto marido
trabalha.

Durante esse tempo ela mete o filho de 9 anos trancado no armário do quarto.

Certo dia o marido chega a casa e o amante ainda lá está.

Então ela tranca o amante no armário onde estava o filho.

Ficaram lá um bocado, até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* Tá…

* Eu tenho uma bola de ténis para vender…

* Que giro!

* Queres comprar?

* Não!

* Pronto… Se preferes que eu diga ao meu pai…

* Quanto é que queres pela bola?

* 25 euros.

* Toma.

Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo.

O amante está em casa.

O miúdo está no armário. O amante vai para o armário.

Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* É, está.

* Eu tenho aqui uma raquete de ténis para vender por 150 euros.

* Que bom.

* Queres comprar?

* 150 euros??? É muito cara!!

* Se preferes que eu diga ao meu pai… É contigo..

* Nao, não… Eu compro.

* Aqui está.

Outra semana depois, o marido torna a chegar cedo.

O amante está em casa.

O miúdo está no armário.

O amante vai para o armário.

Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui…

* É, está.

* Eu tenho aqui umas sapatilhas da Nike para vender por 500 euros.

* Que bom para ti.

* Queres comprar?

* 500 euros??? Tás doido?!!

* Se preferes que eu diga ao meu pai… É contigo..

* Não não, eu compro, eu compro.

No fim-de-semana, o pai chama o filho:

* Pega na bola e na raquete e vamos jogar.

* Não posso. Vendi tudo.

* Vendeste? Por quanto?

* 675 euros.

* Não podes enganar os teus amigos assim. Vou levar-te agora ao padre para te confessares.

Chegando à igreja, o miúdo entra pela portinha, ajoelha-se e fecha a portinha.

Abre-se uma janelinha e aparece o padre.

–* Meu filho, não temas a Deus, diz e Ele perdoar-te-á. Qual é o teu pecado?

— * Tá escuro aqui, não tá?

— * Não vais começar com essa merd@ outra vez, pois não???

Homens vs Aviões!!

avião

Pensas que só as mulheres podem ser comparadas a um “avião”? NÃO NÃO!!!

OS HOMENS TAMBÉM SÃO VERDADEIROS AVIÕES!

O Homem, até os 20 anos:

Avião de Papel.


Apenas voos rápidos, de curto alcance e duração.

Dos 20 aos 30:

Caça Militar.


Sempre a postos, 7 dias por semana. Ataca qualquer objeCtivo. Capaz de
executar várias missões, mesmo quando separadas por curtos intervalos de
tempo.

Dos 30 aos 40:

Aeronave Comercial de Vôos Internacionais.

Opera em horário regular. Destinos de alto nível. Vôos longos, com raros
sobressaltos. A clientela chega com grande expectativa; no final, sai
cansada, mas satisfeita.

Dos 40 aos 50:

Aeronave Comercial de Vôos Regionais.

Mantém horários regulares. Destinos bastante conhecidos e rotineiros.
Os vôos nem sempre saem no horário previsto, o que exige mudanças e adaptações que irritam a clientela.

Dos 50 aos 60:

Aeronave de Carga.

Preparação intensa e muito trabalho antes da descolagem. Uma vez no ar,
manobra lentamente e proporciona menor conforto durante a viagem.
A clientela é composta maioritariamente por malas e trapalhadas diversas.

Dos 60 aos 70:

Asa Delta.


Exige excelentes condições externas para levantar vôo. Dá enorme trabalheira
para descolar e depois evita manobras bruscas para não cair antes da hora.
Após a aterragem, desmonta e guarda o equipamento.

Dos 70 aos 80:

Planador.

Só voa eventualmente e com auxílio. Reportório de manobras extremamente
limitado. Uma vez no solo, precisa de ajuda até para voltar ao hangar.

Após os 80:

Modelo Antigo.

Só para museu.

Os deolindos.


http://blogouteirodepolima.blogspot.com/2011/03/os-deolindos-burgueses-urban
o.html

Os Deolindos (burgueses urbano deprimidos pseudo-intelectuais da tanga)

Coitados dos deolindos, esses putos de 25 anos que apesar de terem uma
licenciatura em gestão de artes cénicas não encontram trabalho na sua área e
que como muitos são contratados para um estágio onde não recebem mais de
quinhentos euros e que não têm dinheiro para comprar uma casa com três
quartos no Chiado e por isso vivem com os pais em vez de partilhar um
apartamento com mais três deolindos e que são obrigados a andar de
transportes porque não há banco que lhes dê um crédito para comprar um Golf.

É fodido ter 25 anos e confirmar que a vida lá fora não respeita as
mordomias a que estávamos habituados em casa dos pais. É fodido não receber
2.000 Euros porque “fartei-me de estudar”, é fodida a incerteza de um
contrato de trabalho merdoso, é fodido. Eu acho bem que os deolindos se
queixem à porta da Bicaense, que bramem contra as injustiças do liberalismo,
que cantem hinos no festival da Zambujeira. Pois.

O que eu já acho mesmo fodido é que os Deolinda, esse grupo de intervenção
estilo Lux, não cantem a essa geração de trabalhadores das fábricas de São
João da Madeira que se matam a trabalhar de sol a sol e pelo salário mínimo,
se é que recebem, porque muitas das vezes os patrões declaram-se em falência
para abrir outra fábrica mesmo ao lado.

Fodido mesmo é que o Bloco de Esquerda, os líderes da esquerda betinha e
fracturante, nunca se tenha lembrado dos salários miseráveis das educadoras
de infância, das empregadas de supermercado, das cabeleireiras, das senhoras
da limpeza, porque esta gente não canta hinos, não é gira, não tem um curso
superior em Cultura Visual, não lê Paul Auster, não tem tempo para se
queixar porque passa a vida a trabalhar.

Basicamente, estes defensores da suposta geração perdida são incapazes de
sentir empatia pelo povão, pela que sempre se chamou classe trabalhadora e
que é realmente a geração desperdiçada, gente cuja força bruta e capacidade
de sacrifício e de trabalho ninguém aproveitou mais que para encher centros
comerciais e estádios de futebol.

Gente que acorda de madrugada para dar de comer aos filhos e a uns pais cuja
reforma não passa dos 250 euros, que paga empréstimos, crédito habitação,
impostos, segurança social, tem os putos em escolas e ATL, mas que chega ao
fim do mês sem capacidade de poupança porque não lhes dá o ordenado para
mais e que não sai da cepa torta, incapaz de pertencer à classe média, que é
a que levanta o país e que realmente deveria interessar ao Bloco, aos
deolindas e a todos estes indignados.

Mas esta gente que não interessa a ninguém porque não vai a concertos no
Coliseu ouvir os Deolinda porque não têm dinheiro nem pais a quem continuar
a chular as entradas enquanto se queixam que são escravizados.

Velhinho de programa.

*Impagável….*

*VELHINHO SENSUAL (anúncio nos classificados )

*Como tenho algumas horas livres, com insônia pela madrugada, e precisando
ganhar uns extras, resolvi ser, também, um “velhinho de programa”.

*Idoso charmoso, com lindos olhos meio verdes* (*cobertos com cataratas*);
*loiro* (*só dos lados*);
*Atlético* (*sou torcedor*);
*corpo malhado* (*pelo Vitiligo*);
*e sarado* (*das doenças que já tive*); e
*um metro e noventa* (*sendo mais ou menos um de altura e noventa de largura
*).

*Atendo em motéis, residências, elevadores panorâmicos*, etc. Só não atendo
em drive-in por causa das dores na coluna.

*Alegro festa de Bodas de Ouro*, convenções e excursões da Terceira Idade.
*Meço pressão*, aplico injeções e *troco fraldas ger iátricas*, tudo com o
maior charme. (ESSA É DEMAIS).

*Atendo no atacado e no varejo*. Traga suas amigas. Maiores de sessenta e
cinco, por força de lei, não pagam, mas só terão direito à horário
recomendável para a saúde. Serão concedidos descontos para grupos: quanto
mais nova, maior o desconto.

Por questões de vaidade, não serão permitidas filmagens, pois, no momento,
estou precisando operar uma hérnia inguinal, meio antiestética.

*Na cama, dou sempre três*….

*Três opções sexuais* para a parceira: *mole*, *dobrado *ou
*enroladinho*. *Como fetiche*, posso usar *touca de lã*, *pantufas* e
*cachecóis coloridos*.
*Outra GRAAAAAAANDE vantagem: já tenho Parkinson o que ajuda muito* nas
preliminares.

*TOTAL DISCRIÇÃO, pois o Alzheimer me faz esquecer tudo que fiz na noite
anterior.*

Estava curada!!!


João e a Maria estavam internados num hospital psiquiátrico.
Um dia, durante o seu passeio habitual, o João saltou para dentro da
piscina e afundou-se de imediato.
Maria saltou rapidamente para a piscina e conseguiu salva-lo.
Quando o director teve conhecimento do acto heróico da Maria, deu
imediatamente ordem para que esta fosse dada como curada.
Mandou chama-la e comunicou-lhe:
-Tenho boas e más noticias a comunicar-te:
-As boas são que vamos dar-te alta, visto teres demonstrado possuir
capacidade racional para ultrapassares uma situação de crise, e
salvares a vida de um doente. O teu acto mostra que estás recuperada!
-As más notícias são de que o João, depois de o teres salvo,
enforcou-se na casa de banho com o cinto do roupão, .Lamentamos
imenso, mas está morto.
E a Maria respondeu:
-Ele não se suicidou, eu é que o pendurei a secar!

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu dar-lhes apenas duas virtudes

italiano


Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu dar-lhes
apenas duas virtudes…

Assim, mandou ao seu anjo-secretário que anotasse quais seriam os dons:

– Aos Suecos, os fez estudiosos e respeitadores da lei.

– Aos Ingleses, organizados e pontuais.

– Aos Argentinos, chatos e arrogantes.

– Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados.

– Aos Italianos, alegres e românticos.

– Aos Franceses, cultos e finos.

– Aos Portugueses, inteligentes, honestos e socialistas.

O anjo anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade e de medo, indagou:

– Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém aos
portugueses foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação aos
outros povos da terra?

– Muito bem observado, bom anjo! exclamou o Senhor.

– Isto é verdade!

– Façamos então uma correcção! De agora em diante, os portugueses, povo do
meu coração, manterão esses três dons, mas nenhum deles poderá utilizar mais
de duas simultaneamente, como os outros povos! Assim sendo:
O que for socialista e honesto, NãO PODE SER INTELIGENTE;
O que for socialista e inteligente, NãO PODE SER HONESTO;
E o que for inteligente e honesto, NãO PODE SER SOCIALISTA!!!

PALAVRA DO SENHOR!!!…

SO!!!

Ver as imagens em ecrã grande …

http://www.youtube.com/watch_popup?v=WK2LpUoqX6A
http://www.youtube.com/watch_popup?v=WK2LpUoqX6A&vq=medium &vq=medium

Carta da Marisa Moura à administração da Carris…

Exmos. Senhores José Manuel Silva Rodrigues, Fernando Jorge Moreira da
Silva, Maria Isabel Antunes, Joaquim José Zeferino e Maria Adelina Rocha,

Chamo-me Marisa Sofia Duarte Moura e sou a contribuinte nº 215860101 da
República Portuguesa. Venho por este meio colocar-vos, a cada um de vós,
algumas perguntas:

Sabia que o aumento do seu vencimento e dos seus colegas, num total extra de
32 mil euros, fixado pela comissão de vencimentos numa altura em que a
empresa apresenta prejuízos de 42,3 milhões e um buraco de 776,6 milhões de
euros, representa um crime previsto na lei sob a figura de gestão danosa?

Terá o senhor(a) a mínima noção de que há mais de 600 mil pessoas
desempregadas em Portugal neste momento por causa de gente como o senhor(a)
que, sem qualquer moral, se pavoneia num dos automóveis de luxo que neste
momento custam 4.500 euros por mês a todos os contribuintes?

A dívida do país está acima dos 150 mil milhões de euros, o que significa
que eu estou endividada em 15 mil euros. Paguei em impostos no ano passado
10 mil euros. Não chega nem para a minha parte da dívida colectiva. E com
pessoas como o senhor(a) a esbanjar desta forma o meu dinheiro, os impostos
dos contribuintes não vão chegar nunca para pagar o que realmente devem
pagar: o bem-estar colectivo.

A sua cara está publicada no site da empresa. Todos os portugueses sabem,
portanto, quem é. Hoje, quando parar num semáforo vermelho, conseguirá
enfentar o olhar do condutor ao lado estando o senhor(a) ao volante de uma
viatura paga com dinheiro que a sua empresa não tem e que é paga às custas
da fome de milhares de pessoas, velhos, adultos, jovens e crianças?

Para o senhor auferir do seu vencimento, agora aumentado ilegalmente, e
demais regalias, há 900 mil pessoas a trabalhar (inclusivé em empresas
estatais como a “sua”) sem sequer terem direito a Baixa se ficarem doentes,
porque trabalham a recibos verdes. Alguma vez pensou nisso? Acha
genuinamente que o trabalho que desempenha tem de ser tamanhamente bem
remunerado ao ponto de se sobrepôr às mais elementares necessidades de
outros seres humanos?

Despeço-me sem grande consideração, mas com alguma pena da sua pessoa e com
esperança que consiga reactivar alguns genes da espécie humana que terá com
certeza perdido algures no decorrer da sua vida.

Marisa Moura
» Notícia que originou este meu mail em
http://economia.publico.pt/Noticia/carris-administracao-recebeu-viaturas-to
po-de-gama-em-ano-de-buraco-financeiro-de-7766-milhoes_1487820>
http://economia.publico.pt/Noticia/carris-administracao-recebeu-viaturas-top
o-de-gama-em-ano-de-buraco-financeiro-de-7766-milhoes_1487820
http://a1.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-snc6/200640_1953166906777_11707855
48_32376902_4560613_n.jpg