Ser policia…

polícia

COISAS DE POLÍCIA

Se o mandado de prisão demora a sair, a culpa é do polícia

Se o bandido foge, a culpa é do polícia.

Se o bandido é morto durante tiroteio, o polícia é culpado: ” coitado do
criminoso! ”

Se sobrevive, o polícia é inoperante, pois “deveria ter acabado com ele”.

Se o polícia age com rigor para manter a ordem, é violento.

Se não age com rigor, é muito “mole”, ineficiente.

Se o polícia estava presente na hora dos factos, é cúmplice

Se não estava, é omisso.

Se revista um suspeito, desrespeita o direito do cidadão.

Se não revista, “faz vista grossa”.

Se prende um pobre, é injusto.

Se prende um rico, é “porque quer dar nas vistas “.

Se prende um ladrão, tem que apresentar provas.

Se o criminoso acusa o polícia de tortura, extorsão e roubo ele é preso e
expulso mesmo sem provas.

Ser Policia em Portugal, com péssimos Salários, mais que sobreviver na
miséria, é um exercício de bravura, risco permanente sem o apoio moral e
institucional, sem reconhecimento, padecendo do abandono, da discriminação,
da injustiça, da indignidade, da negligência do Estado contaminado pela
acção nefasta da política. Se concordas com isso, exerce cidadania, faz a
tua parte, enviando a colegas, amigos, aos média, autoridades e ao publico
em geral.

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>