Animal instinct


A man asks his doctor, “Can I have sex with my pregnant wife?”

The doctor replies, “Yes, the first 3 months will be just like normal,
the next three months you should do it like a dog, and the last three
months you should do it like tiger.”

The man replies, “tiger ??”

The doctor explains, “Tiger Woods. Sleep with other women!”

O Barbeiro

Certo dia um padeiro foi ao barbeiro para cortar o cabelo. Após o corte perguntou ao barbeiro o valor do serviço e o barbeiro respondeu:
– Não vou aceitar o seu dinheiro. Esta semana estou a prestar serviço comunitário.
O padeiro ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um cesto com pães e doces na porta e uma nota de agradecimento do padeiro.
Mais tarde no mesmo dia veio um barman para cortar o cabelo. Após o corte, ao pagar, o barbeiro disse:
– Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana.
O barman ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um cesto com duas garrafas de vinho e uma nota de agradecimento do barman.
No terceiro dia veio um deputado para um corte de cabelo. Novamente, ao pedir para pagar, o barbeiro disse:
– Não vou aceitar seu dinheiro porque estou a prestar serviço comunitário essa semana.
O deputado ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, quando o barbeiro veio abrir sua barbearia, havia uma dúzia de deputados fazendo fila para cortar cabelo.

B.I. do Sócrates

O Sócrates vai a uma festa de um empresário importante. Mas, ao chegar a enorme mansão, foi barrado pelo segurança.
– Desculpe, senhor, mas sem convite não posso deixá-lo entrar.
– Mas, eu sou o Sócrates, o Primeiro Ministro !
– Então, mostre-me os seus documentos.
– É que também não tenho os documentos, esqueci-me da carteira.
– Desculpe-me, mas não vou poder deixá-lo entrar.
– O quê? O senhor nunca me viu na TV? Olhe bem para a minha cara!
– De facto, o senhor é muito parecido com o Primeiro-ministro, mas sabe como é… existem muitos sósias do Sócrates por aí!… O senhor vai ter de provar que é realmente o José Sócrates.
– Mas o que quer que eu faça?
– Não sei. O Cristiano Ronaldo também se esqueceu dos documentos, eu dei-lhe uma bola de futebol e ele fez uma demonstração que logo me convenceu.

A Marisa também se esqueceu dos documentos e fez uma demonstração que provou ser quem dizia ser.
– Porra, mas eu não sei fazer nada!
– Desculpe-me pelo inconveniente Sr. Primeiro-ministro. Pode entrar.·

Europa vista por um português

Como escolher o destino de férias

A fabula do coelho

A TESE DO COELHO

Era um dia lindo e ensolarado o coelho saiu de sua toca com o notebook e pôs-se a trabalhar, bem concentrado. Pouco depois passou por ali a raposa e viu aquele suculento coelhinho tão distraído, que chegou a salivar.

No entanto, ficou intrigada com a actividade do coelho e aproximou-se, curiosa:

– Coelhinho, o que você está fazendo aí, tão concentrado?

– Estou redigindo a minha tese de doutorado – disse o coelho, sem tirar os olhos do trabalho.

– Hummmm… e qual é o tema da sua tese?

– Ah, é uma teoria provando que os coelhos são os verdadeiros predadores naturais das raposas.

A raposa ficou indignada:

– Ora!!! Isso é ridículo!!! Nós é que somos os predadores dos coelhos!

– Absolutamente! Venha comigo à minha toca que eu mostro a minha prova experimental.

O coelho e a raposa entram na toca. Poucos instantes depois se ouvem alguns ruídos indecifráveis, alguns poucos grunhidos e depois silêncio.

Em seguida, o coelho volta, sozinho, e mais uma vez retoma os trabalhos de sua tese, como se nada tivesse acontecido.

Meia hora depois passa um lobo. Ao ver o apetitoso coelhinho, tão distraído,
agradece mentalmente à cadeia alimentar por estar com o seu jantar garantido.

No entanto, o lobo também acha muito curioso um coelho trabalhando naquela
concentração toda. O lobo resolve então saber do que se trata aquilo tudo, antes de devorar o coelhinho:

– Olá, jovem coelhinho! O que o faz trabalhar tão arduamente?

– Minha tese de doutorado, seu lobo. É uma teoria que venho desenvolvendo há algum tempo e que prova que nós, coelhos, somos os grandes predadores naturais de vários animais carnívoros, inclusive dos lobos.

O lobo não se conteve e farfalha de risos com a petulância do coelho.

– Ah, ah, ah, ah!!! Coelhinho! Apetitoso coelhinho! Isto é um despropósito. Nós, os lobos, é que somos os genuínos predadores naturais dos coelhos. Aliás, chega de conversa…

– Desculpe-me, mas se você quiser eu posso apresentar a minha prova experimental. Você gostaria de acompanhar-me à minha toca?

O lobo não consegue acreditar na sua boa sorte.

Ambos desaparecem toca adentro. Alguns instantes depois se ouvem uivos desesperados, ruídos de mastigação e … silêncio. Mais uma vez o coelho retorna sozinho, impassível, e volta ao trabalho de redacção da sua tese, como se nada tivesse acontecido.

Dentro da toca do coelho vê-se uma enorme pilha de ossos ensanguentados e pelancas de diversas ex-raposas e, ao lado desta, outra pilha ainda maior de ossos e restos mortais daquilo que um dia foram lobos.

Ao centro das duas pilhas de ossos, um enorme leão, satisfeito, bem alimentado, a palitar os dentes.

MORAL DA HISTÓRIA:

1.
Não importa quão absurdo é o tema de sua tese;

2.
Não importa se você não tem o mínimo fundamento científico;

3.
Não importa se as suas experiências nunca cheguem a provar sua teoria;

4.
Não importa nem mesmo se suas ideias vão contra o mais óbvio dos conceitos lógicos…

5. O que importa é QUEM É O SEU PADRINHO!!!!

Wireless technology !!!

Les réseaux sans fils…
[cid:part1.09070404.07010308@sapo.pt]

Lápis Rico vs Lápis Pobre

A lapiseira saiu à noite com 2 lápis: o lápis rico e o lápis pobre.
Passado um tempo descobriu-se que estava grávida. Quem foi o culpado? O lápis rico ou o lápis pobre?

O lápis pobre. O lápis rico tem sempre uma borrachinha na ponta…

“Este país não é para corruptos” por Ricardo Araújo Pereira

[cid:image001.gif@01CB85A1.7FE983B0]
Este país não é para corruptos
Em Portugal, há que ser especialmente talentoso para corromper. Não é corrupto quem quer

… Que Portugal é um país livre de corrupção sabe toda a gente que tenha lido a notícia da absolvição de Domingos Névoa. O tribunal deu como provado que o arguido tinha oferecido 200 mil euros para que um titular de cargo político lhe fizesse um favor, mas absolveu-o por considerar que o político não tinha os poderes necessários para responder ao pedido. Ou seja, foi oferecido um suborno, mas a um destinatário inadequado. E, para o tribunal, quem tenta corromper a pessoa errada não é corrupto- é só parvo. A sentença, infelizmente, não esclarece se o raciocínio é válido para outros crimes: se, por exemplo, quem tenta assassinar a pessoa errada não é assassino, mas apenas incompetente; ou se quem tenta assaltar o banco errado não é ladrão, mas sim distraído. Neste último caso a prática de irregularidades é extraordinariamente difícil, uma vez que mesmo quem assalta o banco certo só é ladrão se não for administrador.
O hipotético suborno de Domingos Névoa estava ferido de irregularidade, e por isso não podia aspirar a receber o nobre título de suborno. O que se passou foi, no fundo, uma ilegalidade ilegal. O que, surpreendentemente, é legal. Significa isto que, em Portugal, há que ser especialmente talentoso para corromper. Não é corrupto quem quer. É preciso saber fazer as coisas bem feitas e seguir a tramitação apropriada. Não é acto que se pratique à balda, caso contrário o tribunal rejeita as pretensões do candidato. “Tenha paciência”, dizem os juízes. “Tente outra vez. Isto não é corrupção que se apresente.”

Arquitectos e Engenhêros…


[cid:1BEC2A76AEFA4715A7681992FA744F6E@apicer.local]
deslizamento de terra?? NÃO HÁ PROBREMA
________________________________

[cid:C0DE0EC34499409CBE0FFA26D3A51DAF@apicer.local]
portas adequadíssimas para idosos…

[cid:DCA80E00148F49AF960F1AF49BC5647A@apicer.local]

Projetada para anoreticas
________________________________

[cid:BCF0B762B8B74EDB8EA5444889A0999A@apicer.local]
tubulação aparente

________________________________

[cid:E9B8AF21C2E54B25BE11B145152ACDE2@apicer.local]

Novo filtro de água “EUROPA” (modelo exclusivo…só nas melhores lojas)
________________________________

[cid:E4A1106012334CE894EC44AFF467F032@apicer.local]
“tubinho”, “sextavado”… grades e portas …
Oscar Niemeyer morreria de inveja !

[cid:2D7311B07C7D4EC6B145BC460F0F5262@apicer.local]
cagueiro coletivo …

________________________________

[cid:E2589A2E60CF40B480180AA1CE028B1F@apicer.local]
cuidado ! ciclomotor perigoso !
________________________________

[cid:4E2CF6FB54644A3E9B0B2827A1161332@apicer.local]
qual a utilidade de uma torneira ai?
________________________________

[cid:062920A38E384EAFBFEEDB67CC6EC53B@apicer.local]
porta para anoreticas com mais de 2 metros de altura!

[cid:26D12D2E9A294F37886D1791D88D007F@apicer.local]
seria uma guarita ?
________________________________

[cid:A7C47F06F5CB41A981E0C196EA4EE413@apicer.local]

estou em dúvida… o que está + perfeito: assentamento de tijolos ou alinhamento da viga ?

[cid:12733CD9B96B4CCC971128831B92D5D5@apicer.local]
TAMBORLÂNDIA , baseada na igreja de Notre Dame.
________________________________

[cid:08756E75C1B948348275E4C5DC466D46@apicer.local]
Modelo “Trono” – cagando nas alturas…

[cid:A738F5B4D2E44B93AB86A3C47F5E34E4@apicer.local]
a porta assim abre mais …

[cid:46E34F20FFB346C0A37F10555A52843E@apicer.local]
escada rolante esmagante !

________________________________

[cid:7590F90CE2374D41B7C172AE6701D460@apicer.local]

A casa de cima deve ser da sogra.
________________________________

[cid:484CEA40DF0E4E5DB1568571B842D030@apicer.local]
sem palavras ..

Nova contratação do Governo Português está a ser notícia na Europa e não só!


Aqui vai uma notícia de última hora.
O Governo de Sócrates, sempre na senda das tecnologias renováveis e não
poluentes, encontrou a solução para a crise!

Governo contrata indiano que está há 70 anos sem comer nem beber para
ensinar desempregados a alimentarem-se da luz solar
http://iva.caoazul.com/blogiva/2010/06/02/governo-contrata-indiano-que-esta
-ha-70-anos-sem-comer-nem-beber-para-ensinar-desempregados-a-alimentarem-se-
da-luz-solar/>
http://iva.caoazul.com/blogiva/wp-content/uploads/2010/06/ng1298380.jpg
http://iva.caoazul.com/blogiva/wp-content/uploads/2010/06/ng1298380.jpg
Aos 80 anos, Prahlad Jani – ou Mataji, como é conhecido – sobreviveu os
últimos 70 anos sem comer nem beber, praticando um tipo especial de ioga
que, segundo o octogenário, utiliza o Sol como alimento.
Soubemos que o ministério do trabalho já contratou este mestre da meditação
para dar palestras a desempregados e fala-se também em palestras para
funcionários públicos.
Fonte do gabinete da ministra Helena André explicou: ” todos sabem o
momento de crise que atravessamos. Não há perspectivas de melhoria e temos
que preparar as pessoas para sobrevirem com muito pouco.
Portugal é um país com muitos dias de Sol por ano e se este homem conseguir
ensinar os nossos desempregados a sobreviverem só com a luz solar é a
solução para o nosso problema.
Dentro de meses esperamos já deixar de pagar subsídios de desemprego, vamos
apenas distribuir espelhos para que os desempregados possam apanhar o dobro
da luz solar e encherem o bandulho. ”

José Sócrates visita a Inglaterra e vai jantar com a rainha.

José Sócrates visita a Inglaterra e vai jantar com a rainha.

E às tantas, pergunta:

– Vossa majestade, a senhora impressiona-me. Como pode estar
sempre cercada de gente inteligente? Como é que a senhora faz?

Ela responde:

– É muito simples. Eu deixo-os sempre em alerta. Faço um teste
de QI regularmente, só para ver se a inteligência deles ainda está bem viva.
Sócrates, surpreendido:

– E como é que a senhora faz isso?

A rainha concorda em mostrar um exemplo. Pega no telefone e
liga ao Tony Blair:

– Bom dia, Tony. Tenho um pequeno teste para ti…

Tony, todo educado:

– Bom dia, Majestade. Tudo bem. Estou pronto para o teste.
Pode perguntar.

– Muito bem, Tony. O teste é o seguinte:
“É filho do teu pai e da tua mãe, mas não é teu irmão nem tua
irmã.
Quem é?”

– Muito simples, Majestade. Sou eu mesmo…
– Bravo, Tony. Como sempre, inteligente. Até à próxima.

Sócrates fica impressionadí­ssimo. De volta a Portugal, decide
por em prática a técnica que aprendeu com a rainha.

Telefona à ministra da educação Isabel Alçada e pergunta:

– Isabelinha, é o Sócrates, companheira. Tenho aqui um
pequeno teste de inteligência para ti.

– Tudo bem, pergunta:

– É o seguinte: É filho da tua mãe e do teu pai, mas não é
teu irmão nem tua irmã. Quem é?

– Ah, Sócrates, eu não esperava um teste assim, de repente.
Tenho que pensar alguns minutos. Telefono-te depois, ok?
– Sem problemas. Até logo.
Ela de seguida liga para o Cavaco Silva, já que ele tem
fama de inteligente.

Faz a mesma pergunta que lhe foi feita, ao que o Cavaco responde:

– Ora bolas Isabel, sou eu mesmo, como é óbvio!…
– Muito bem, perfeito, Cavaco! Obrigado.

E volta a ligar ao Sócrates:

– Sócrates, podes repetir a tua pergunta, por favor? Creio
que tenho a resposta.
– Muito bem: É filho da tua mãe e do teu pai, mas não é
teu irmão nem tua irmã. Quem é?

E a ministra da educação, vitoriosa:
– Simples!!! Ora bolas, é o Cavaco Silva!!!

– NÃOO, estúpida!!! Tens que treinar mais!!! É o Tony Blair!!!

Poema da Ex Amélia

Poema da Ex Amélia

o noivo escreveu um poema pra noiva um pouco antes do casamento

Que feliz sou eu, meu amor!*
Já, já estaremos casados,*
O café da manhã na cama,*
Um bom suco e um pão torrado*

Com ovos bem mexidinhos*
Tudo pronto bem cedinho*
Depois irei para o trabalho*
E você para o mercado*

Daí você corre pra casa*
Rapidinho arruma tudo*
E corre pro seu trabalho*
Para começar o seu turno*

Você sabe que de noite*
Gosto de jantar bem cedo*
De ver você bem bonita*
Alegre e sorridente*

Pela noite minisséries*
Cineminha bem barato*
Nada, nada de shoppings*
Nem de restaurantes caros*

Você vai cozinhar pra mim*
Comidinhas bem caseiras*
Pois não sou dessas pessoas*
Que gosta de comer besteiras….*

Você não acha, querida*
Que esses dias serão gloriosos?*
Não se esqueça, meu amor*
Que logo seremos esposos!*

como resposta, a noiva escreveu um poema para o noivo

Que sincero meu amor!*
Que oportunas tuas palavras!*
Esperas tanto de mim*
Que me sinto intimidada*

Não sei fazer ovo mexido*
Como sua mãe adorada,*
Meu pão torrado se queima*
De cozinha não sei nada!*

Gosto muito de dormir*
Até tarde, relaxada*
Ir ao shopping fazer compras*
Com o Visa tarja dourada*

Sair com minhas amigas,*
Comprar só roupa de marca*
Sapatos só exclusivos*
E as langeries mais caras*

Pense bem, que ainda há tempo*
A igreja não está paga*
Eu devolvo meu vestido*
E você seu terno de gala*

E domingo bem cedinho*
Prá começar a semana,*
Ponha aviso num jornal*
Com letras bem destacadas:

HOMEM JOVEM E BONITO*
PROCURA ESCRAVA BEM LERDA*
PORQUE SUA EX-FUTURA ESPOSA*
MANDOU ELE IR À MERDA!*

.
__,_._,___

Conversa de Pombos …

Dois pombos depois de comerem na mão duma pessoa, levantam voo e dizem um para o outro:

– Já viste que nós até parecemos políticos?

– Porque dizes isso?

– Repara bem, mendigamos migalhas às pessoas e uma vez cá no alto, cagamos-lhes em cima.
[cid:001d01cb1f8b$b5a75a30$c01d8cbc@PCHelena]

________________________________

Diferenças entre SCP, FCP e SLB

Clube do Porto,Automobilismo

: Diferenças entre SCP, FCP e SLB

Recrutamento para a CIA

alentejano

A CIA resolveu recrutar um atirador.
Após uma série de selecções, entrevistas e testes, escolheram três
candidatos:
Um francês, um inglês e um alentejano.

Para a prova final, os agentes da CIA colocaram os candidatos diante de uma
porta metálica e entregaram-lhes uma pistola.

-Queremos ter a certeza de que seguem as instruções, quaisquer que sejam as
circunstâncias.

Dizem então ao francês:
– Por detrás desta porta você vai encontrar a sua mulher sentada numa
cadeira.. Terá que a matar!
– Estão a falar a sério?
Eu jamais mataria a minha mulher!
– Então você não serve, responde o agente.

Ao inglês deram as mesmas instruções.
Pegou na arma e entrou na sala.
Durante 5 minutos, tudo muito calmo.
Depois regressou com as lágrimas nos olhos.
– Tentei, mas não posso matar a minha mulher.
– Você também não está preparado para trabalhar nesta agência.
Pegue na sua mulher e vá-se embora.

Chegou enfim a vez do alentejano!
Deram-lhe as mesmas instruções, indicando-lhe que teria de matar a sua
mulher. Ouviram-se tiros, um estrondo e depois outro…
A seguir ouvem-se gritos, barulhos de móveis partir, etc…
Após alguns minutos fica tudo muito calmo..

A porta abre-se lentamente e o alentejano sai, limpa o suor e diz:

– Vocês bem me podiam ter dito que os tiros eram de pólvora seca! Tive que a
matar com a cadeira…