7 anões no vaticano

Os 7 Anões vão ao Vaticano e, porque eles são os 7 Anões, são, de imediato, recebidos pelo Papa.
Zangado é o porta-voz do grupo.
– Zangado, meu filho – diz o Papa- o que posso fazer por vocês?
Zangado põe uma questão:
– Desculpe-me, Vossa Santidade, mas existe alguma freira anã em Roma?
O Papa franze as sobrancelhas perante uma pergunta tão singular, pensa um pouco e responde:
– Não, Zangado, não existem freiras anãs, em Roma.
Por detrás, alguns dos outros anões começam a dar risadinhas.
Zangado vira-se e olha-os profundamente , fazendo-os calar de imediato.
Zangado vira costas e retorna:
– Vossa Santidade, existem freiras anãs, na Europa?
O Papa, intrigado, pensa novamente, por um instante, e, em seguida, responde:
– Não, Zangado, não há freiras anãs, na Europa.
Desta vez, todas os anões desataram a rir.
De novo, Zangado se vira e silencia-os com um intenso olhar.
Zangado, volta-se para trás e põe nova questão ao Papa!
– Há em qualquer lugar do mundo uma freira anã?
O Papa, verdadeiramente confuso com as perguntas diz:
– Desculpa, meu filho, não existem freiras anãs em nenhum lugar do mundo.
Os outros anões estoiram em gargalhadas, rebolando pelo chão, as lágrimas correndo pelas bochechas rechonchudas e desatam a cantar:
– O Zangado f….. um pinguim!!!, o Zangado f…. um pinguim!!! , o Zangado f….. um pinguim!!!

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>