Perdoar ou Não

polícia

“Pragmatismo filosófico” na acção policial!

Uma jornalista perguntou a um coronel do BOPE (polícia de elite do Rio de Janeiro) se seria capaz de perdoar os traficantes que destruíram um helicóptero da PM matando 3 polícias.

A resposta foi rápida:

“Eu creio que a tarefa de perdoá-los cabe sempre a Deus. A nossa tarefa é a de promover esse encontro.”

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>