Perdoar ou Não

polícia

“Pragmatismo filosófico” na acção policial!

Uma jornalista perguntou a um coronel do BOPE (polícia de elite do Rio de Janeiro) se seria capaz de perdoar os traficantes que destruíram um helicóptero da PM matando 3 polícias.

A resposta foi rápida:

“Eu creio que a tarefa de perdoá-los cabe sempre a Deus. A nossa tarefa é a de promover esse encontro.”

Vidro partido no campo de golfe

corno
marido
mulher

Um casal estava a jogar golfe num campo muito chique, ladeado por belíssimas mansões.

À terceira tacada, diz o marido: – Querida, tem cuidado ao arremessar a bola; ainda vais acertar numa dessas casas e partir um vidro! Vai custar uma fortuna!

Nem terminou a frase: ela deu a tacada e a bola foi direita à janela da maior casa da vizinhança.

O marido desespera: – Eu disse-te que tivesses cuidado! E agora,como vai ser? – Vamos até lá pedir desculpas e ver quanto vai ser o prejuízo.

Eles batem à porta e ouvem uma voz: – Pode entrar.

Eles abrem a porta e vêem vidros espalhados pelo chão e uma garrafa partida perto da lareira.

Um homem sentado no sofá – Foram vocês que partiram o meu vidro?

– Sim. Sinto muito, e quero pagar o prejuízo – responde o marido.

– Nem pensar! Eu é que vos agradeço. Sou um génio que estava preso nesta garrafa há milhares de anos. Vocês libertaram-me. Posso conceder três desejos! Cada um tem direito a um desejo e guardo o terceiro para mim.

– Uau! Que bom! – diz o marido. – Eu quero um milhão de dólares por ano para o resto da minha vida.

– Sem problemas! É o mínimo que posso fazer.

E você, o que gostaria de pedir? – diz o génio olhando para a esposa.

– Quero uma casa em cada país do mundo – responde ela.

– Pode considerar o seu desejo realizado – diz o génio

– E qual é o seu desejo, génio? – pergunta o marido.

– Bem, desde que fiquei preso nesta garrafa, há milhares de anos, nunca mais tive oportunidade de fazer sexo.

O meu desejo é fazer sexo com a sua mulher. O marido olha para a sua esposa e diz: – Bem, querida, nós ganhámos um monte de dinheiro e todas essas casas. Acho que ele não está a pedir muito.

O génio leva a mulher para o quarto e passa duas horas com ela a fazer amor e mais amor…

Depois de terminar, enquanto se vestem, o génio olha para ela e pergunta: – Quantos anos tem o seu marido?

– 35 – responde ela.

– E ele ainda acredita em génios?!?

Ditados cibernéticos!!!!!

01. A pressa é inimiga da ligação.

02. Amigos, amigos, passwords à parte.

03. Antes só, do que em chats aborrecidos.

04. A ficheiro grátis não se olha o formato.

05. Diz-me que chat frequentas e dir-te-ei quem és.

06. Para bom fornecedor uma password basta.

07. Não adianta chorar sobre ficheiro apagado.

08. Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.

09. Em terra off-line, quem tem um 486 é rei.

10. Hacker que ladra, não morde.

11. Mais vale um ficheiro no HD do que dois a descarregar.

12. Rato sujo limpa-se em casa.

13. Melhor prevenir do que formatar.

14. O barato sai caro. E lento.

15. Quando a esmola é muita, o santo desconfia que tem um vírus anexado.

16. Quando um não quer, dois não teclam.

17. Quem ama um 486, Pentium 5 lhe parece.

18. Quem clica os seus males multiplica.

19. Quem com vírus infecta, com vírus será infectado.

20. Quem envia o que quer, recebe o que não quer.

21. Quem não tem banda larga, caça com modem.

22. Quem nunca errou, que clique na primeira tecla.

23. Quem semeia e-mails, colhe spams.

24. Quem tem dedo vai a Roma.com.

25. Um é pouco, dois é bom, três é chat ou lista virtual.

26. Vão-se os ficheiros, ficam os back-ups.

27. Diz-me que computador tens e dir-te-ei quem és.

28. Há dois tipos de pessoas na informática. Os que perderam o HD e os que ainda vão perder…

29. Uma impressora disse para outra: Essa folha é tua ou é impressão minha.

30. Aluno de informática não cola, faz backup.

31. O problema do computador é o USB (Utilizador Super Burro).

32. Na informática nada se perde, nada se cria. Tudo se copia… e depois se cola.

Anedota matemática

avião
joãozinho
matemática
professor

Um professor de Matemática quis pregar uma partida aos seus alunos e disse-lhes:

– Meninos, aqui vai um problema: Um avião saiu de Amesterdão com uma velocidade de 800 km/h, à pressão de 1.004,5 milibares; a humidade relativa era de 66% e a temperatura 20,4 graus C. A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 assentos para passageiros, a casa de banho estava ocupada e havia 5 hospedeiras (mas uma estava de folga).

A pergunta é… Quantos anos tenho eu?

Os alunos ficam assombrados. O silêncio é total.

Então o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz de pronto:

– 44 anos, professor!

O professor, muito surpreso, o olha e diz: – Caramba, é certo. Eu tenho 44 anos. Mas como tu adivinhaste?

E o Joãozinho: – Bem, eu deduzi porque eu tenho um primo que é meio parvo, e ele tem 22 anos…

O Armando e as mulheres

idosa

O Armando tem 95 anos e vive num lar de idosos. Todas noites depois do jantar, ele vai para um canto do jardim por trás do lar para se sentar e pensar no que conseguiu ao longo da sua vida. Uma noite, Arminda, 87 anos, ia passar pelo jardim e sentou-se a conversar com ele.

Sem darem por isso, várias horas se passaram.

Depois de uma pequena pausa na conversa, Armando volta-se para Arminda e pergunta:

– Mas sabes do que sinto mais falta?

– De quê? pergunta ela.

– SEXO, responde Armando.

Arminda exclama:

– Seu velho xéxé, não o conseguias levantar nem que te apontasse uma pistola à cabeça!

– Eu sei – diz Armando.Mas era bom que pelo menos uma mulher pudesse segurar nele de vez em quando!

– Bom, isso eu posso aceitar, diz Arminda; e abre o fecho e segura no … de Armando.

Depois disto, decidem que daí em diante, se encontrariam todas as noites naquele canto do jardim, onde se sentariam a conversar e depois ela ficaria a segurar no … por um bocado.

Só que uma noite o Armando não apareceu e, preocupada, Arminda começa procurá-lo, até que o encontra noutro ponto do lar, sentado à beira da piscina com outra residente do lar, a Etelvina que também lhe estava a segurar no ….

– Seu traidor! Seu trapaceiro! O que é que a Etelvina tem que eu não tenho???

O Armando sorriu e respondeu feliz:

– Parkinson!!!!

A loira e o ataque de mosquitos

Uma loira chegou a um hotel em Luanda e, como estava muito calor, abriu a janela. Só que começaram a entrar vários mosquitos. Então, ela ligou para a recepção e reclamou:

– Boa noite, estou com muito calor e com a janela aberta, vários mosquitos entraram no meu quarto e estão-me a incomodar.

– Se a Senhora desligar as luzes do seu quarto eles vão-se embora, disse-lhe o recepcionista.

Ela fez o que ele disse e realmente os mosquitos desapareceram. Depois de um tempinho, começaram a entrar vários pirilampos e então ela voltou a reclamar para a recepção.

O recepcionista perguntou:

– Mas o que foi agora?

Ela responde: – Não resultou! Os mosquitos voltaram com lanternas!

De acordo com a profissão terráquea...

Um sujeito chega ao céu, onde é recebido por São Pedro.

Após os cumprimentos, São Pedro explica-lhe que, para entrar, os homens têm que cortar a pila.

– Que disparate, São Pedro! Como é que eu vou cortar uma coisa que na Terra me deu tanta alegria?!?

– Não há outra forma, meu filho. Aqui no céu não há sexo. Ou deixas cortar, ou não entras. O tipo olha para baixo, vê as caldeiras fumegantes do inferno e acaba por aceitar.

É levado a uma sala onde há três pessoas à espera.

Pouco depois chega uma anjinha muita linda, vestida de enfermeira, com as asinhas envolvidas em película esterilizada e manda entrar o próximo. Segundos após, ouvem-se vários gritos de dor. Silêncio.

Volta a anjinha e chama mais um. Desta vez ouve-se apenas um grito forte de dor e depois, silêncio. Quando chega a vez do terceiro, nada se ouve. Silêncio profundo.

Chega a vez do sujeito.

Ele pede à anjinha uma explicação a respeito dos gritos diferentes e ela responde, muito surpreendida:

– Não te explicaram?!? Então é assim? aqui a gente corta tal coisa de acordo com a profissão que o dono teve na Terra.

O primeiro gritou muito, porque eu lhe serrei a pila, já que ele era serralheiro.

O segundo deu só um grito forte, porque foi cortada de uma só vez, ele era talhante.

O terceiro não gritou porque era médico e foi anestesiado antes. O nosso amigo desata a rir às gargalhadas.

Sem entender nada, a anjinha fica a olhar.

Então o rapaz desaperta os botões das calças e diz à anjinha:

– Chupa até ele cair, meu amor! Na Terra eu era vendedor de gelados!


Como é que o cavalo sabe que a égua

alentejano

Dois jovens alentejanos passeavam pelo campo quando a Maria parou e perguntou ao Alberto::

– Como é que o cavalo sabe que a égua “o quer”?

Ao que o Alberto responde:

– Pelo cheiro.

A Maria continua a andar e pouco mais à frente pára e pergunta:

– Alberto, como é que o cão sabe que a cadela ‘o quer’?

Alberto respondeu:

– Pelo cheiro, Maria.

Mais à frente a Maria torna a perguntar:

– Alberto , como é que o touro sabe que a vaca ‘o quer’?

Alberto responde (pacientemente): – Maria, já te disse que é pelo cheiro!!!!!!!

Depois de uma curta pausa olhando fixamente para os seus olhos Maria pergunta:

– E tu, ó Alberto , és maricas ou tens gripe??

Um príncipe da Arábia Saudita foi estudar para a Alemanha

comboio
mercedes
professor

Um príncipe da Arábia Saudita foi estudar para a Alemanha

Um mês depois escreveu uma carta ao pai a dizer :

“Berlim é espectacular, o povo muito simpático e estou a gostar de cá estar mas sinto-me um pouco constrangido por ir para a Universidade no meu Mercedes dourado quando os professores viajam de comboio.”

Algum tempo depois recebeu a resposta do pai numa carta com um cheque de um milhão de dólares. Na carta o pai dizia :

“Pára de nos envergonhar! Compra um comboio para ti também.

A evolução do ensino de Matemática!

escola
matemática
professor

A evolução do ensino de Matemática!

Na semana passada comprei um produto que custou 1,58€.

Dei à funcionária da caixa 2,00€ e 8 cêntimos, para evitar receber ainda mais moedas.

A rapariga pegou no dinheiro e ficou a olhar para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.

Tentei explicar-lhe que tinha que me dar 50 cêntimos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para a ajudar.

Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar-lhe aquilo que aparentemente continuava sem entender.

Por que estou a contar isto? Porque dei conta da evolução do ensino

de matemática desde 1956, altura em que entrei para a escola primária.

Parece-me que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1956:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.

O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda .

Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.

O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou seja, 80$00.

Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.

O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.

Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00.

O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.

Escolha a resposta certa, que indica o lucro:

( )20$00 ( )40$00 ( )60$00 ( )80$00 ( )100$00

5. Ensino de matemática em 2000:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100$00

O custo de produção desse carro de lenha é 80$00.

O lucro é de 20$00.

Está certo?

( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009:

Um lenhador vende um carro de lenha por 100,00€.

O custo de produção é 80,00€.

Se você souber ler coloque um X no 20,00€.

( )20,00€ ( )40,00€ ( )60,00€ ( )80,00€ ( )100,00€

Longevidade alentejana...

alentejano
avô
médico

O Ti Zé Chaparro, aproveitando a viagem a Mértola, foi ao médico fazer um ‘xécápi’.

Pergunta o médico. – Sr. José, o senhor está em muito boa forma para 40 anos.

– E eu disse que tinha 40 anos?

– Quantos anos o senhor tem?

– Fiz 57 em Março.

– Não me diga! E quantos anos tinha o seu pai quando morreu?

– E eu disse que meu pai morreu?

– Oh, desculpe! Quantos anos tem o seu pai?

– O velho tem 81.

– 81? Que bom! E quantos anos tinha o seu avô quando morreu?

– E eu disse que ele morreu?

– Sinto muito. E quantos anos ele tem?

– 103, e ainda anda de bicicleta.

– Fico feliz em saber. E o seu bisavô? Morreu de quê?

– E eu disse que ele tinha morrido? Ele está com 124 e vai casar na semana que vem.

– Agora já é demais! – Diz o médico revoltado.

– Por que é que um homem de 124 anos iria querer casar?

– E eu disse que ele QUERIA se casar? Não queria nada, mas engravidou a rapariga!..

A contabilidade e a mulher

contabilidade
mulher

RELAÇÃO ENTRE A CONTABILIDADE E A MULHER?

PARA QUEM NÃO SABE A RELAÇÃO EIS A QUE EXISTE:

A solteira é …………………………………………..Crédito.

A casada é…………………………………………….Débito.

A cunhada é…………………………………………..Previsão para Devedores Duvidosos.

A bonita é……………………………………………..Lançamento Certo.

A feia é…………………………………………………Estorno.

A feia e rica é………………………………………….Conta de Compensação.

A bonita e rica é………………………………………Lucro Certo.

A ex-namorada é………………………………………Saldo de Exercícios Anteriores.

A namorada é…………………………………………..Resultado de Exercício Futuro.

A noiva é………………………………………………..Reserva Legal.

A esposa é………………………………………………Capital Integralizado.

A vizinha é………………………………………………Ações de Outras Companhias.

A amante é………………………………………………Empresa Coligada.

As que fazem plásticas é………………………………Obras e Benfeitorias.

As restantes são………………………………………..Obras em Andamento.

As que dão bola são…………………………………….Incentivos Recebidos.

As que não são viúvas, casadas ou solteiras são…..Contas a Classificar

As que namoram muito e não casam são…………….Saldo à Disposição daAssembléia.

As surpreendidas em flagrante são…………………….Passivo a Descoberto.

A sogra pode ser classificada como…………………..PREJUÍZO ACUMULADO

A senhora sem inimigos - são histórias assim que nos fazem viver melhor!

idosa
igreja

QUASE AO FINAL DA PRÁTICA DOMINICAL O SACERDOTE PERGUNTOU AOS FIEIS, NA IGREJA:

“QUANTOS DE VOCÊS CONSEGUIRAM PERDOAR SEUS INIMIGOS?”

A MAIORIA LEVANTOU A MÃO.

O SACERDOTE VOLTOU A REPETIR A MESMA PERGUNTA E ENTÃO TODOS LEVANTARAM A MÃO MENOS UMA PEQUENA E FRÁGIL VELHINHA.

“SENHORA MARIA? A SENHORA NÃO ESTÁ DISPOSTA A PERDOAR OS SEUS INIMIGOS?”

“EU NÃO TENHO INIMIGOS!” RESPONDEU ELA, DOCEMENTE.

“SENHORA MARIA, ISTO É MUITO RARO!”

DISSE O SACERDOTE, E PERGUNTOU:

“QUANTOS ANOS TEM A SENHORA?”

E ELA RESPONDEU:

“98 ANOS!”

O PÚBLICO PRESENTE NA IGREJA SE LEVANTOU E APLAUDIU A IDOSA, ENTUSIASTICAMENTE.

“DOCE SENHORA MARIA, CONTE-NOS COMO SE VIVE 98 ANOS E NÃO SE TEM INIMIGOS?”

A DOCE E ANGELICAL VELHINHA SE DIRIGE AO ALTAR E DIZ EM TOM SOLENE, OLHANDO PARA O PÚBLICO EMOCIONADO:

“JÁ MORRERAM TODOS, AQUELES FILHOS DA PUTA!”

NÃO É LINDO???

Importante,Novo sinal de trânsito para afixar perto das igrejas

igreja

o novo sinal perto das Igrejas ?

Composição sobre sexo

igreja
joãozinho
professora

A professora mandou os alunos fazerem uma composição sobre o tema sexo e assuntos relacionados com esse tema. No dia seguinte, cada aluno leu a sua composição:

A da Joana era acerca de métodos contraceptivos, a do Zé ‘falava’ da masturbação, a Joaquina escreveu sobre rituais sexuais antigos, etc…

Chegou a vez do Luizinho: – Então Luizinho, fizeste a composição que eu mandei?

– Sim Sra. professora.

– Vá, lê lá então!

E o Luizinho começou a ler alto:

– ‘Era uma vez no velho Oeste, há muitos, muitos anos. No relógio da igreja batiam as 19h. Nuvens de poeira arrastavam-se pela cidade semi-deserta. O Sol ofuscava o horizonte, e tingia as nuvens de tons de sangue. De súbito, no horizonte, recortou-se a silhueta de um cavaleiro… Lentamente, foi-se aproximando da cidade… Ao chegar à entrada, desmontou. O silencio pesado foi perturbado pelo tilintar das esporas. O cavaleiro chamava-se Johny! Vestia todo de preto, à excepção do lenço vermelho que trazia ao pescoço e da fivela de prata que ‘prendia’ os dois revolveres à cintura.

O cavalo, companheiro de muitas andanças, dirigiu-se hesitante por uma poça de água…

PUM! PUM! PUM!

O cheiro a pólvora provinha do revólver que já tinha voltado para o colder de Johnny. Johnny não gostava de cavalos desobedientes!

Johny dirigiu-se para o bar. Quando estava a subir os três degraus, um mendigo que até ali dormia, tocou na perna de Johnny e pediu uma esmola… PUM! PUM! PUM!

Johnny não gostava que lhe tocassem! Entrou no bar. Foi até ao balcão, e pediu uma cerveja. O barman serviu-lhe a cerveja. Johnny provou… PUM! PUM! PUM!

Johnny não gostava de cervejas mornas! As outras pessoas olharam todas surpreendidas… PUM! PUM! PUM!

Johnny não gostava de ser o centro das atenções! Saiu do bar. Deslocou-se até ao outro lado da cidade para comprar um cavalo. Passaram por ele um grupo de crianças a brincar e a correr… PUM! PUM! PUM!

Johnny não gostava de poeira e além disso as crianças faziam muito barulho! Comprou o cavalo, e quando pagou, o Sr. enganou-se no troco… PUM! PUM! PUM! Johnny não gostava que se enganassem no troco! Saiu da cidade.

Mais uma vez a sua silhueta recortou-se no horizonte, desta vez com o Sol já quase recolhido.

O silêncio era pesado.

FIM

O Luizinho calou-se.

A turma estava petrificada!

A professora chocada pergunta:

– Mas…mas…Luizinho…o que esta composição tem a ver com sexo?

Luizinho com as mãos nos bolsos, responde:

– O Johnny era fodido…